Cidades

Cerpis passa a oferecer mais três especialidades em tratamento natural

Os três novos procedimentos fazem parte das 34 clínicas das práticas integrativas. Entre os tratamentos já ofertados pelo Centro estão: acupuntura clínica, terapia ocupacional, cuidados com a coluna, terapia da dor, fisioterapia integrada e pilates terapêutico.

Compartilhe:

O Centro de Referência em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde do Estado do Amapá (Cerpis) passou a oferecer acunpuntura termal, reflexologia podal e geoterapia para os cerca de 2.600 pacientes que fazem tratamento na unidade.

Os três novos procedimentos fazem parte das 34 clínicas das práticas integrativas. Entre os tratamentos já ofertados pelo Centro estão: acupuntura clínica, terapia ocupacional, cuidados com a coluna, terapia da dor, fisioterapia integrada e pilates terapêutico.

A acunpuntura termal usa as conhecidas agulhas da acupuntura clínica com mantas térmicas para redimensionar o equilíbrio das energias do corpo e eliminar as dores do paciente. É indicada para pessoas que sofrem de fibromialgia, lombociatalgia, além disso, ajuda na melhora dos sintomas de ansiedade, estresse, depressão e problemas de sono que os pacientes que possuem essas doenças crônicas costumam apresentar.

A reflexologia podal trabalha a circulação do corpo através do estímulo das extremidades do corpo como pés, pernas e mãos, essas áreas possuem terminações nervosas e todos correspondem a uma área específica do corpo. Ajuda na melhora de pacientes com escoliose, ansiedade, insônia, pressão arterial alta além de beneficiar pacientes como sequelas de Acidente Vascular Cerebral (AVC).

A geoterapia utiliza argila, cascas e folhas de plantas para tratar inflamações causadas por doenças como artrose, osteoporose e bursite. Nesse método a argila absorve as substâncias tóxicas do corpo que causam a inflamação e a dor no paciente.

A aposentada Estelita Guedes, 77 anos, faz tratamento com a geoterapia no Cerpis desde dezembro, após sofrer uma fratura no ombro direito, segundo ela, apesar do pouco ela garante já ter obtido uma grande melhora.

“Frequentei o Cerpis há alguns anos atrás e agora voltei, gosto muito do Centro, e sou muito bem atendida e tratada por todos aqui. Com a geoterapia já consigo fazer várias coisas, antes até movimentar o meu braço era difícil, sentia muita dor”, comemorou.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *