Cidades

Chuvas atrasam serviços de manutenção na iluminação pública de Macapá

Mesmo estabelecendo metas, planejamentos e cronogramas para a execução dos serviços de melhorias em toda o parque de iluminação da capital, a Prefeitura de Macapá encontra dificuldades no cumprimento dos prazos em virtude das fortes chuvas que vem caindo na cidade nas últimas semanas. Com isso, as demandas nos bairros, que vão de norte a […]

Compartilhe:

Mesmo estabelecendo metas, planejamentos e cronogramas para a execução dos serviços de melhorias em toda o parque de iluminação da capital, a Prefeitura de Macapá encontra dificuldades no cumprimento dos prazos em virtude das fortes chuvas que vem caindo na cidade nas últimas semanas. Com isso, as demandas nos bairros, que vão de norte a sul da cidade, acabaram demorando além do previsto.

Recentemente, a Secretaria Especial de Iluminação Pública vinha conseguindo dar celeridade ao andamento dos trabalhos. Porém, as chuvas acabam colocando em risco funcionários da empresa prestadora de serviços e, por isso, os trabalhos são paralisados imediatamente. Recentemente, o Município fez a instalação de lâmpadas de LED em diversas vias, que deixaram a cidade ainda mais bonita.


A situação complicada ocorre também em virtude da oscilação da rede elétrica, de responsabilidade da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA). É comum a queima de lâmpadas e relés colocadas pela Secretaria de Iluminação pública. Um prejuízo significativo, tendo em vista que o fato tem ocorrido em todos os bairros de Macapá.

Segundo o secretário de Iluminação Pública, Claudiomar Rosa, a população precisa ter um pouco de paciência, pois, dessa forma, os serviços, inevitavelmente, sofrerão atrasos. Mas garante que todos os trabalhos solicitados serão atendidos. “Lamentavelmente, as chuvas têm atrasado nosso cronograma. É triste, porque sabemos da necessidade da população. É importante mencionar que, independente do bairro, todos serão atendidos. Basta as chuvas cessarem, porque é muito perigoso para os funcionários da empresa”, finaliza.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *