Cidades

Construção de retornos em elipse vai melhorar fluxo de veículos na Duca Serra

Projeto vai permitir retirada de sinalização semafórica da rodovia, que passa por duplicação desde o bairro Alvorada, em Macapá, até o município de Santana.

Compartilhe:

O projeto de duplicação da Duca Serra prevê a construção de retornos em elipse ao longo da rodovia, como o que já foi implantado em frente ao bairro Marabaixo. A construção dos retornos deverá resultar em melhor fluxo de veículos na via.

 

Com a obra, os semáforos presentes ao longo da rodovia deverão ser retirados. Enquanto os serviços não são concluídos, a Secretaria de Estado do Transporte (Setrap) firmou uma parceria com a Companhia de Transportes e Trânsito de Macapá (CTMac) para a recuperação e manutenção da sinalização semafórica.

 

De acordo com o diretor de Transportes da Secretaria de Estado de Transporte (Setrap), Andrey Rêgo, o acordo foi firmado para manter a fluidez do trânsito, até a retirada dos semáforos. “O projeto prevê a construção de mais dois retornos em elipse, além do que já existe no Marabaixo, mas até que a obra seja concluída, a CTMac deverá cuidar do funcionamento desses semáforos”, explicou o diretor.

 

Ainda segundo o gestor, em breve, haverá um retorno em elipse em frente ao bairro Cabralzinho e outro em frente a um loteamento próximo ao cruzamento da linha férrea.

 

Duplicação
O projeto de duplicação faz parte do Plano de Mobilidade Urbana do Governo do Estado e contempla 17 quilômetros da Rodovia Duca Serra, começando em frente ao 34º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), no bairro Alvorada, em Macapá, e se estende até as proximidades do 4º Batalhão da Polícia Militar (4ºBPM) no município de Santana. Todo o trabalho é executado por administração direta da Setrap.

 

Uma obra de grande impacto que beneficia diretamente 60 mil pessoas que vivem em bairros da região, além de ser rota de boa parte da população que mora nos municípios de Santana e Mazagão.

 
Compartilhe:

Tópicos: