Cidades

Distribuição de vacina pentavalente é normalizada no Amapá

Ministério da Saúde interrompeu fornecimento em fevereiro; planejamento permitiu suprimento em parte dos municípios.

Compartilhe:

O governo do estado já está distribuindo para os 16 municípios as doses da vacina pentavalente, destinada à imunização de bebês para combater o tétano, difteria, coqueluche, outros tipos de infecções provocadas pelo Haemophilus influenzae tipo B e a hepatite B. O lote com cinco mil doses foi enviado pelo Ministério da Saúde.

 

O envio das vacinas normaliza o abastecimento e distribuição de rotina nas unidades de saúde no mês de março. Um novo lote está previsto para ser entregue em abril. O município de Macapá foi o primeiro a ser reabastecido.

 

O Ministério da Saúde não enviava novas doses da pentavalente desde dezembro do ano passado. Mas, de acordo com a chefe da Unidade de Imunobiológicos, da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), Andréa Marvão, o estoque existente no estado permitiu que fosse mantida a distribuição para alguns municípios no início do ano.

 

“Em virtude do planejamento organizado, ainda foi possível enviar doses da vacina até o mês de janeiro e para rotina de fevereiro, ficamos no aguardo do envio pelo Programa Nacional de Imunização (PNI)”, destacou Andréa Marvão.

 

A vacina pentavalente é dada em três doses, com dois, quatro e seis meses de idade.

 
Compartilhe:

Tópicos: