Cidades

Eleito conselheiro federal, Felipe Sarmento promete fortalecer a advocacia amapaense

Secretário-Geral da OAB Nacional e conselheiro federal por quatro mandatos consecutivos pela OAB Alagoas (1997-2019), o advogado de 43 anos, Felipe Sarmento, foi eleito conselheiro federal da OAB Amapá nesta sexta-feira (16).

Compartilhe:
Advogado Felipe Sarmento

Integrante da Chapa liderada pelo atual vice-presidente da instituição Auriney Brito, Felipe Sarmento integrará a bancada titular juntamente os advogados Helder Ferreira e Alessandro Brito (reeleitos), além dos advogados Maurício Pereira, Paola Santos e Emanoel Dante.

Os conselheiros eleitos foram entrevistados neste sábado pela bancada do programa Togas&Becas (DiárioFM 90,9) apresentado pelo advogado Helder Carneiro, que foi uma das muitas lideranças que atuaram por mais de dois anos para a consolidação da candidatura de Auriney Brito. Todos enalteceram a vinda de Felipe Sarmento para unir esforços com o objetivo de construir o programa de trabalho da futura gestão.

Felipe Sarmento defendeu em Brasília a manutenção das Varas da Justiça Federal de Oiapoque e Laranjal, ameaçados de serem transferidas para o Distrito Federal por decisão da Corregedoria-Geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), mediante liminar concedida pelo Supremo Tribunal Federal. Sarmento minimizou alguns ataques da oposição, taxando-o de “alienígena”, por não ser amapaense, e atribuiu esses ataques “ao calor da campanha” e “desconhecimento sobre o sistema OAB” , pontuando não ser diferente “de outros amapaenses de valor, que se dispõem a lutar pela advocacia amapaense”. Ele prometeu trabalhar incansavelmente, com toda força de articulação no Conselho Federal da OAB, para garantir recursos necessários para a construção de toda a infra-estrutura que a OAB do Amapá precisa, incluindo a nova sede da instituição da nova sede da instituição em Macapá, e também a sede da Sub-Seção de Santana, além de toda inovação tecnológica à disposição da advocacia.

“Fui conselheiro por Alagoas juntamente com o Charles Bordalo, o pai dele, o saudoso Cícero Bordalo, e do também amigo Cícero Bordalo Jr.; como também tive a honra de trabalhar no Conselho Federal com o Guaracy Freitas; esses ataques são frutos do calor da campanha eleitoral; quando recebi o convite do doutor Helder Ferreira aceitei sem hesitar, porque sei que tenho condições de fazer o melhor pela advocacia e pelas advogadas e advogados amapaenses; e junto com o presidente eleito Auriney Brito, a sua diretoria, o Alessandro Brito, o Helder Ferreira e o Jorge Anaice, presidente da Caixa de Assistência dos Advogados, vamos fazer 30 anos em 3, trazendo para o Amapá os recursos necessários para construir toda a infra-estrutura física da OAB, com a construção da nova sede e da sede da Subseção de Santana; e isso não apenas no aspecto físico, mas também trazendo as novas tecnologias que estão sendo implantadas com sucesso em várias Seccionais; essa é a melhor forma de responder aos ataques políticos, que faz parte da democracia, mas a nossa resposta será com trabalho para o crescimento, para o fortalecimento e desenvolvimento da Ordem no Amapá”.


Alessandro Brito e Helder Ferreira destacaram as qualidades de Felipe Sarmento e disseram que se sentem “honrados” de dividir os trabalhos da 1ª Câmara de Julgamento do Conselho Federal com o novo conselheiro. Ambos ressaltaram, juntamente com o presidente eleito, Auriney Brito, ouvido por telefone pela bancada do programa, o trabalho da Chapa 01 durante a campanha e a união pregada pelo candidato derrotado, Charles Bordallo. Auriney Brito deixou claro que a sua gestão “terá espaço para todos aqueles que têm interesse e disposição de contribuir para o fortalecimento da OAB do Amapá”.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *