Cidades

Em ritmo tímido, filas serão inevitáveis na reta final do cadastramento da meia-passagem

Dos mais de 50 mil estudantes aguardados, somente 45% compareceram.

Compartilhe:

Faltando 15 dias úteis para o fim do prazo de cadastramento e recadastramento da meia-passagem, o movimento ainda é tímido. A direção do Sindicato das Empresa de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) afirma que nesse ritmo as filas serão inevitáveis. Muitos estudantes tem voltado para casa sem realizar o processo em função da ausência ou inconsistência de alguns documentos, principalmente o comprovante de matrícula ou declaração escolar.

Esse documento comprova a situação do estudante matriculado na educação regular. Ele precisa estar assinado pelo diretor ou secretário escolar e atual (do exercício 2019) e autêntico (não é aceito cópia).

Outra reclamação dos estudantes é que algumas escolas públicas ainda não iniciaram o ano letivo e não estão liberando as declarações de matrícula. O Setap tem buscado manter contato com os diretores de escolas para que agilizem a emissão desse documento.

O trabalho de recadastro (para quem já tem o benefício) se concentra na sede do Setap, na Padre Júlio, entre Tiradentes e General Rondon, e prossegue até o dia 29 de março, das 8h às 17h. Já o cadastramento de novos beneficiários e solicitação de segunda via ocorre no Amapá Garden Shopping (das 10h às 17h) e no Terminal Rodoviário de Santana, das 8h às 16h.

Os documentos necessários tanto para cadastro quanto recadastro são: declaração escolar ou comprovante de matrícula assinada pelo diretor da unidade (original), RG ou Certidão de Nascimento (cópia) e comprovante de residência (cópia).  As certidões de matrículas eletrônicas, como as que são expedidas pela Unifap, só terão validade após a autenticação no site da instituição.

Caso o aluno tenha perdido a carteira e deseje pedir uma segunda via, deve fazer um boletim de ocorrência da perda e levar junto com os demais documentos. Esse BO pode ser feito pela Internet no site http://delegaciavirtual.policiacivil.ap.gov.br/.

O estudante poderá obter mais informações pelo site www.vtsetap.com.br. Após a conclusão do cadastro, quem não se regularizou terá o cartão bloqueado.

De acordo com Renivaldo Costa, porta-voz do Setap e um dos coordenadores do cadastramento, paralelamente ao cadastro da meia-passagem, o governo do Estado realiza o cadastro do Passe Livre Estudantil por meio da Secretaria de Inclusão e Mobilização Social. O processo beneficiar 10 mil estudantes. Ele adverte que somente os estudantes que estiverem em situação regular com o benefício da meia-passagem poderão acessar o Passe Livre. “Um dos documentos exigidos pela Sims é justamente o comprovante de cadastro ou recadastro”.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *