Cidades

Escola José de Alencar festeja o Folclore e inova com quadrilha junina estilizada

A festa do Folclore é um passeio pela cultura e pelas manifestações folclóricas de todo o Brasil, com ênfase, evidentemente no folclore da Amazônia e do Nordeste

Compartilhe:

A Escola José de Alencar, pertencente à rede estadual de ensino e localizada no Bairro Perpétuo Socorro, realizará na tarde/noite de quinta-feira (06), um evento cultural denominado “Festa do Folclore”. Aberta a todos os públicos e não somente à comunidade assistida pela escola, a festa terá como espaço de realização a Rua Cândido Mendes no quarteirão onde se encontra o prédio da escola que em abril deste ano completou 49 anos de fundação.

A festa do Folclore é um passeio pela cultura e pelas manifestações folclóricas de todo o Brasil, com ênfase, evidentemente no folclore da Amazônia e do Nordeste, onde viceja a quadra junina que é bastante festejada nos estados da região norte, principalmente no Amapá, onde a quadra junina reúne mais de 100 grupos juninos espalhados por todos os municípios.

A festa terá apresentações de números de danças folclóricas e parafolclóricas, concursos de misses representando cada região brasileira, e diversas atrações sob responsabilidade dos professores e funcionários da escola, coordenação pedagógica e que contam com o apoio dos pais e responsáveis dos alunos. Serão comercializadas iguarias típicas cuja arrecadação será utilizada nos trabalhos desenvolvidos pela escola em prol dos alunos e da comunidade do Perpétuo Socorro.

De forma inédita, a festa alencarina traz como grande atração uma quadrilha criada pelos professores Célio Alício, Érico Oliveira, Márcia Cantão e Dorinaldo Almeida em agosto e denominada “Roceiros do Alencar”, que se apresentará no formato estilizado com 38 pares, proposta temática e misses caipiras e trilha sonora diversificada, a exemplo do que acontece nos certames organizados pela Federação das Entidades Juninas do Amapá (FEFAP) e de outras entidades existentes no estado e que congregam grupos juninos.

Para que esse objetivo fosse materializado, os coreógrafos Lucas Nobre e Jedean Gonçalves, dois dos maiores coreógrafos de danças populares em todo o estado, assumiram a montagem da quadrilha e, em menos de um mês, formataram o desenho coreográfico em ensaios intensivos realizados de segunda a sábado na área recreativa da escola e na quadra da escola Santuário do Perpétuo Socorro, localizada nas adjacências. O marcador da quadrilha também foi recrutado da quadra junina estilizada e assumiu a condução do novo grupo.

Dirigida pela professora Maria de Nazaré Rodrigues Barbosa desde 2015, a escola José de Alencar tem se destacado entre as escolas públicas do Amapá por realizar grandes projetos e eventos culturais, apesar de todas as dificuldades enfrentadas pela educação em todo o estado, além dos problemas enfrentados por todas as escolas do estado como a violência e da falta de segurança. A escola consegue por meio de seus projetos criar possibilidades para que seus alunos demonstrem todo o talento e a criatividade que possuem, além e estimular o aumento da autoestima nos mesmos e em seus funcionários, colaboradores e a comunidade por ela assistida.

Foto: Edvaldo Serrão

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *