Cidades

Estado custeia hotel para acolher pessoas em situação de rua durante a pandemia

Através de um convênio com o município, população também terá acesso a kits de higiene, alimentação e acompanhamento de profissionais de diversas áreas.

Compartilhe:

O Governo do Amapá repassará ao município de Macapá R$ 137 mil para o custeio de um hotel para pessoas em situação de rua, com o objetivo de resguardar a saúde dessa população e evitar o contágio pelo novo coronavírus (COVID-19).

O convênio é coordenado pelo Centro de Operações em Saúde Pública e estabelece que o Executivo irá arcar com todos os custos de materiais de higiene pessoal, alimentação e hospedagem durante o período de 30 dias. Já o município fica responsável pelo acolhimento e o acompanhamento psicossocial e de saúde.

De acordo com a secretária de Estado de Inclusão e Mobilização Social, Albanize Colares, o ingresso no projeto será realizado de forma voluntária, após o conhecimento e aceitação das regras de funcionamento do ambiente.

“Diante do atual cenário que vivenciamos de pandemia do coronavírus, o Governo do Estado direciona políticas públicas de seguridade e assistência social e de saúde, tendo o cuidado que se exige a orientações específicas para administração desses serviços de acolhimento”, afirma.

A quarentena das pessoas em situação de rua será realizada em um hotel no centro da cidade. Serão 70 leitos individuais, com kits de higiene, serviços de limpeza do ambiente, tendo acesso também a um espaço para asseio de roupas e pertences individuais, contendo máquinas de lavar roupa e espaço para estender as mesmas.

Durante o período, 38 técnicos também darão suporte ao serviço 24h, entre assistentes sociais, psicólogos, Guarda Civil Municipal, além de pessoas de equipe de apoio.

O convênio deve ser assinado após o trâmite na Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *