Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Cidades

Falta de estrutura em escolas do AP vai adiar início do ano le

Previsto para iniciar no dia 23 de fevereiro, o ano letivo de 2015 deverá ser adiado para março



 

Previsto para iniciar no dia 23 de fevereiro, o ano letivo de 2015 deverá ser adiado para março. A informação foi confirmada pela secretaria de estado da Educação (Seed), que alegou falta de estrutura das escolas da rede pública de ensino e dívidas com fornecedores e trabalhadores que atuam na manutenção dos colégios.

“Foi aprovado pelo Conselho de Educação que o início das aulas seria dia 23 de fevereiro, mas em conversas com as categorias, vimos que precisaríamos motivar os servidores, reativar os serviços das escolas e reestruturar os prédios”, afirmou a secretária de Educação Conceição Medeiros.

Antes de começar o ano letivo, estão previstos reparos em colégios, em parceria com a secretaria de estado da Infraestrutura (Seinf), e o início da negociação com os credores.

Dados preliminares da Seed apontam para uma dívida acumulada de R$ 300 milhões. O valor é resultado de encargos trabalhistas, débitos com fornecedores e funcionários do Caixa Escolar. O atraso no pagamento provocou a paralisação das aulas no fim de 2014, resultando na falta do cumprimento do calendário escolar, previsto para ter 200 dias letivos.

“Algumas escolas não chegaram a cumprir o cronograma porque houve esse problema. Então temos colégios com aulas ainda em janeiro e fevereiro porque é obrigatório ter esses dias na grade escolar”, comentou a titular da secretaria de Educação.


Comente