Cidades

Governo do Amapá entra na etapa final da obra de duplicação da Avenida 13 de Setembro

Frentes de serviço atuam na pavimentação da via, além da construção de calçadas, meio-fio e canteiro central.

Compartilhe:
A duplicação da Avenida 13 de Setembro, executada pelo Governo do Estado na zona sul de Macapá, chegou à etapa final dos serviços de pavimentação, construção de calçadas, meio-fio e canteiro central. A obra é realizada em 1,4 quilômetro de extensão, entre a rotatória da Rua Claudomiro de Morais e o Conjunto Habitacional Jardim Açucena.

A Secretaria de Estado de Transporte do Amapá (Setrap) informou que a finalização da pavimentação dependia do remanejamento da Feira do Pescado, que anteriormente funcionava na própria avenida. O projeto de duplicação é uma das frentes de trabalho do Plano de Mobilidade Urbana do Governo do Estado, que irá melhorar o trânsito e as condições de deslocamento dos moradores da região.

“Essa obra é muito importante, pois beneficia os moradores dos bairros Buritizal, Novo Buritizal e Nova esperança, além do Conjunto Habitacional Jardim Açucena”, afirmou o titular da Setrap, Benedito Conceição.

Para a empregada doméstica Regina Martel, 55 anos, mesmo com a obra em andamento já é possível perceber melhoras na região.

“A obra está facilitando aqui para nós. Acho que ainda vai melhorar muito porque está sendo feito um trabalho muito bom mesmo”, disse.

Welton de Abreu, 23 anos, morador do bairro Buritizal há 15 anos, costuma trafegar pela avenida de bicicleta com sua família. Segundo ele, os serviços devem trazer mais segurança no trânsito da região.

“No começo, quando a feira ficava na rua, era difícil para os moradores passar e até atravessar a via. Já aconteceram muitos acidentes por aqui. Com a feira remanejada e a obra continuando, acredito que vai melhorar o fluxo para os carros e com a sinalização de semáforos e faixas, vai ficar mais seguro”, afirmou.

Após a conclusão dos serviços atuais, o trecho receberá sinalização horizontal e vertical. A expectativa é de que a obra seja entregue ainda este ano.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *