Cidades

Governo do Amapá realiza ação de vacinação contra H1N1 e sarampo para indígenas

Objetivo é impedir que ao retornar às aldeias de origens, indígenas levem essas doenças.

Compartilhe:

O Governo do Amapá fará na quinta e sexta-feira, 10 e 11, uma ação de vacinação contra a H1N1 e sarampo para os povos indígenas que residem ou estão de passagem em Macapá.

O objetivo da ação, além de garantir que esse público seja alcançado pela vacinação, é impedir que, ao retornar para suas aldeias de origem, levem essas doenças, aumentando os casos.

A coordenadora do Núcleo Estadual de Saúde do Indígena (Nesi) da Secretaria de Estado da Saúde, Andréia Pacheco, explica que a ação foi motivada pelo recente aumento de casos confirmados de sarampo registrado nos primeiros meses de 2021.

“Os povos indígenas têm uma cultura diferenciada, eles não vão até as unidades em busca desses serviços. Mas nós temos a responsabilidade de garantir que eles recebam esses atendimentos, por isso estamos levando a vacinação até eles”, reforçou Andréia.

No dia 10 a vacinação irá ocorrer na Casa de Apoio Renascer, na avenida Mar Vermelho, s/n, no bairro Renascer IV, e na residência nº 381 da avenida Contemporânea, no bairro Renascer II.

Na sexta-feira, 11, o Nesi também fará uma varredura vacinal nas casas indígenas mapeadas em Macapá nos bairros Novo Horizonte, Morada das Palmeiras, Infraero II, Macapaba, Marabaixo, Nova Esperança e Buritizal, realizando uma busca ativa para garantir que todo o público indígena seja imunizado.

Vacinação contra Covid-19

Em janeiro, o Governo do Amapá iniciou a imunização dos povos indígenas de todo o estado. A ação foi uma parceria com a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei), que formaram uma força-tarefa com a missão de imunizar os milhares de indígenas contra a covid-19.

A ação alcançou mais de 7 mil indígenas com mais de 18 anos, incluindo aqueles que moram em aldeias isoladas nos municípios de Oiapoque, Pedra Branca do Amapari e também do Parque Nacional das Montanhas do Tumucumaque.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *