Cidades

Governo do Estado discute parceria com a Organização Pan Americana de Saúde

OPAS vai auxiliar no trabalho da SVS no combate à covid-19 e endemias no estado.

Compartilhe:
Foto: Nelson Carlos

O Governo do Estado do Amapá busca firmar parceria com a Organização Pan Americana de Saúde (OPAS), que atua no Brasil em conjunto com o Ministério da Saúde (MS). A iniciativa tem o objetivo de otimizar a atuação da Superintendência de Vigilância em Saúde no estado (SVS). O encontro ocorreu na tarde de quarta-feira, 14, no prédio da SVS, no bairro do Buritizal.

O objetivo é ajudar o Amapá com os desafios que estão surgindo nesta nova fase de enfrentamento à covid-19, uma vez que o estado está voltando aos poucos ao seu ritmo normal de vida. Além disso, é uma forma de contribuir com as atividades que a SVS vem executando e vai executar em conjunto com a organização.

A OPAS vai viabilizar um Centro de Operações de Emergências no Amapá. A unidade contará com um painel de monitoramento, que vai permitir uma análise melhor dos dados de vigilância, assistência e gestão, potencializando o trabalho técnico da SVS, ajudando na tomada de decisões de forma assertiva, com maior percepção de como os agravos estão ocorrendo no território.

O consultor de Vigilância, Preparação e Resposta a Emergências e Desastres, do escritório da OPAS e da OMS no Brasil, Rodrigo Said, destacou a importância da parceria com o Estado para o fortalecimento das ações de saúde.

“A instalação física do Centro de Operações de Emergência no estado será de grande importância para analisar a possibilidade de ocorrência de transmissão de outras doenças, como as arboviroses [dengue, zika e chikungunya] e doenças respiratórias, por exemplo. Dessa forma, é possível prever surtos e agir preventivamente”, destacou Rodrigo.

O superintendente de Vigilância em Saúde, Dorinaldo Malafaia, saúda o início de tratativas com a OPAS e diz que a parceria renderá um excelente trabalho para a população amapaense.

“Nós estamos muito empolgados com essa parceria com a OPAS. Acreditamos que os trabalhos a serem realizados a partir dela vão trazer benefícios para a população amapaense, então nós da SVS não mediremos esforços para que se possa entregar o melhor trabalho possível para o Amapá”, exclamou o superintendente.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *