Cidades

Governo do Estado e Prefeitura de Mazagão retomam tratativas para implantação do Distrito

Audiência pública e a prorrogação do termo de cooperação entre governo e prefeitura foram os principais assuntos da pauta.

Compartilhe:

O governo do Estado e a Prefeitura de Mazagão retomaram as reuniões para tratar da implantação do Distrito Industrial no município que compõe a região metropolitana. Na segunda-feira, 14, a diretora-presidente da Agência de Desenvolvimento econômico do Amapá, Tânia Maria, e o prefeito Dudão Costa, participaram de mais um encontro para discutir o processo de criação do polo industrial.

 

Entre as pautas da reunião, informações sobre as etapas do processo, a realização da terceira audiência pública, a prorrogação do termo de cooperação técnica e a atual situação do projeto do Distrito Industrial que visa fomentar a economia do Estado e principalmente do município de Mazagão.

 

Para o prefeito Dudão Costa, a conduta adotada pelo governo do Estado, com o processo de implantação do Distrito Industrial, vai permitir um novo direcionamento e garantir o avanço técnico do processo. “Acredito que, com apoio mais direcionado, o Distrito Industrial possa se concretizar em breve, e assim, poderemos ter um município de Mazagão mais produtivo e desenvolvido”, destacou o gestor.

 

A terceira audiência pública em Mazagão, para tratar das próximas etapas do processo junto aos poderes Executivo e Legislativo e a comunidade, já está sendo planejada, mas para isso, ainda haverá novos encontros entre a prefeitura e a Agência Amapá.

 

De acordo com a diretora-presidente da Agência Amapá, Tânia Maria, o governo tem adotado todos os meios de incentivo ao desenvolvimento econômico e Mazagão tem se destacado pelo potencial e o interesse das indústrias em se instalarem no futuro Distrito Industrial.

 

“Temos trabalhado com as potencialidades de cada município, e Mazagão tem se mostrado forte potência para a industrialização. Por isso, estamos em conversa com prefeito Dudão Costa, para que possamos prorrogar o termo de cooperação técnica entre o governo do Estado e a prefeitura, no sentido de garantir a execução deste projeto que é de grande importância para a economia”, enfatizou Tânia Maria.

 
Compartilhe:

Tópicos: