Cidades

Hospital do Amor realiza primeira cirurgia de retirada de nódulo mamário

Procedimento aconteceu nesta segunda-feira, 30, na unidade Macapá, localizada na zona norte.

Compartilhe:
Foto: Hospital do Amor

O Instituto de Prevenção Hospital do Amor, localizado na zona norte de Macapá, atende pacientes que fazem rastreamento de câncer de colo uterino e de mama e realizou nesta quarta-feira, 30, a primeira cirurgia de nodulectomia – a retirada de nódulo de mama. Uma equipe composta por cinco profissionais entre médicos, enfermeiros e técnicos hospitalares participaram do procedimento.

O prédio do instituto é a 11ª entregue no país e é administrada pelo Hospital de Amor através de um convênio com o Governo do Estado do Amapá, que custeia a manutenção e funcionamento da unidade.

“A cirurgia da paciente durou aproximadamente 1 hora e 30 minutos, onde conseguimos fazer a remoção de um pequeno nódulo”, explicou a enfermeira Dayse Araújo.

O primeiro procedimento realizado na unidade foi para a retirada de nódulo bilateral em uma mulher de 45 anos, que faz tratamento no local. Dayse esclareceu ainda que o material coletado segue para biópsia no laboratório de Rio Preto (SP). Após o recebimento do laudo, dependendo do resultado, a paciente será encaminhada para a Unacon ou ao acompanhamento no Hospital de Amor.

Logo após o procedimento, o vice-governador do Amapá, Jaime Nunes, esteve com a equipe médica e realizou um visita institucional nas dependências da unidade.

“É um hospital que está bem organizado e equipado para receber a nossa população. Reafirmo o compromisso do Governo do Amapá no empenho para ajudar no que for preciso, para dar andamento em todos os procedimentos oferecidos”, disse Jaime.

A equipe responsável pelo procedimento era composta pelos médicos mastologistas, Emílio Pacheco e Marcelo Moura; anestesista, Amélia Nascimento; enfermeira, Dayse Araújo; e técnicas Leia Ribeiro e Claudiane Rodrigues.

Instituto de Prevenção

Os colaboradores que atuam no Hospital de Amor foram selecionados através de um processo seletivo que recebeu mais de 27 mil currículos. Os profissionais foram submetidos a treinamentos em Barretos (SP), seguindo os protocolos de atendimento estabelecidos pela rede.

O Instituto tem capacidade de realizar diariamente cerca de 60 exames de mamografia para mulheres com idade entre 40 e 69 anos, e 60 exames de PCCU, também conhecido como Papanicolau, em mulheres de 25 a 64 anos, para a detecção de câncer de mama e colo de útero, considerados de maior incidência no Amapá. A unidade móvel (carreta) de diagnóstico, percorre todo o Amapá e tem a mesma capacidade de atendimentos diários que a unidade fixa.

Atendimento

Devido à pandemia da covid-19, criou-se um protocolo de segurança e retomou os atendimentos de forma gradual. Os exames preventivos oferecidos já estão sendo realizados, garantindo a segurança de pacientes e profissionais de saúde.

Para preencher a ficha basta ir até a unidade, localizada na Rodovia Norte/Sul, no bairro Infraero, em Macapá, de segunda a sexta-feira, no horário de 7h as 17h. É preciso ter em mãos Carteira de Identidade, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência.

Pare ter direito aos exames é necessário que as pacientes tenham entre 25 a 64 anos, e entre 40 a 69 para o exame de mamografia.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *