Cidades

Instituições de transporte e de segurança pública reúnem para discutir o combate a veículos clandestinos

Da reunião sairá um documento que será encaminhado aos governos federal, estadual e às prefeituras.

Compartilhe:

Os veículos clandestinos que atuam principalmente no transporte intermunicipal deixaram de ser somente um problema de ordem econômica para empresas de ônibus, taxistas e mototaxistas legalizados. No ano passado, um ônibus que realizava transporte clandestino e uma picape pirata sofreram acidente e vitimaram diversos passageiros. Além disso, operações realizadas pelas Polícias Rodoviária Estadual e Federal encontraram em alguns desses veículos drogas, armas e munições.

Preocupado com esse quadro, a Federação do Transporte do Estado do Amapá (Fetrap) promove uma reunião nesta sexta-feira, 11, às 10h, na sede da entidade, para discutir alternativas de combate ao transporte clandestino.

Da reunião vão participar o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setap), Ministério Público Estadual, Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública, Batalhão de Trânsito, Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac), Departamento de Trânsito, Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Rodoviária Federal e STTrans.

De acordo com Vantuiler Leite, presidente da Fetrap, há inúmeros relatos de agressões, estupros e assaltos de pessoas que utilizam esses veículos e as categorias que exploram o transporte público pedem mais fiscalização das autoridades.

“Todos perdem com os clandestinos. Perde o poder público pois esses veículos não pagam impostos, perdem os transportadores de passageiros legalizados pois eles tiram clientes desses trabalhadores e perde a população pois alguns desses “piratas” são criminosos”, relata.

A reunião acontece às 10h, desta sexta-feira, 11, na sede da Fetrap, na Avenida Euclides da Cunha 1122, Bairro Central.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *