Cidades

Instituto Marias da Esperança busca ajudar mulheres vítimas de violência doméstica

O projeto não tem fins lucrativos e visa ajudar mulheres que foram vítimas de violência doméstica. Além disso, busca a inserção dessas mulheres no mercado de trabalho para que elas tenham independência financeira.

Compartilhe:

Nascido na periferia de Macapá, o Instituto Marias da Esperança ganha reconhecimento e parceiros da iniciativa pública e privada que busca colocar no mercado de trabalho pessoas que até já haviam desistido do mercado formal.

Marias da Esperança foi um nome tirado a partir de exemplos de mulheres – marias – que eram da comunidade e que se caracterizavam pelo voluntariado, atuando como benzedeiras ou participando de grupos de oração. Maria das Graças Carvalho Maciel e Maria Cordeiro da Costa hoje têm filhos e netos atuando como voluntários deste instituto.

Natura, Senai Amapá e o Banco da Amazônia foram entidades que já abraçaram a causa e formalizam uma ação que vai ofertar os cursos de informática básica, confecção de ovos de páscoa e a customização de sandálias e bolsas, num total de160 vagas, entre os meses de março a maio e que terá como ponto alto o dia 8 de março, com oficinas de corte de cabelo e embelezamento para ajudar essas pessoas a se qualificarem e ajudarem a própria comunidade do bairro do Marabaixo.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *