Cidades

Mais de seis quilômetros de construção de passarelas em madeira são iniciados em Macapá

Desde o ano passado, a prefeitura trabalha na construção de novas passarelas em madeira e concreto. Ao todo, já foram concluídos um pouco mais de sete quilômetros.

Compartilhe:

Duas novas emendas parlamentares foram direcionadas ao Município para a construção de passarelas em madeira em áreas de ressaca da cidade. O investimento, no valor total de R$ 1.502.053,33, irá beneficiar dez bairros com a construção de mais de seis quilômetros de pontes. Os serviços, coordenados pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob), recebem recursos de emenda parlamentar do deputado federal André Abdon e do senador Davi Alcolumbre.

 

Na segunda-feira, 11, a equipe de fiscalização esteve presente nas passarelas já concluídas nesta nova etapa. De acordo com o engenheiro Paulo Chucre, fiscal de Obras da Semob, algumas adequações precisaram ser feitas durante a execução. “O projeto básico foi executado em 2016 e, desde lá, muitos locais sofreram mudanças, como o aterramento nas cabeceiras das pontes ou até mesmo na totalidade de algumas passarelas contempladas. Por isso, hoje viemos fazer a medição para subsidiar o processo licitatório”, explica.

 


Para a moradora da passarela José Rodrigues Leitão, as obras trouxeram melhorias para os moradores. “Há mais de doze anos não havia reforma. Nós nos juntávamos para comprar madeira e fazer os reparos. Agora, a situação melhorou, mas a gente pede também melhoria na iluminação pública e no fornecimento de água”, solicita.

 

Os contratos assinados com a empresa Bosque Empreendimento Eireli atendem os bairros Pacoval (passarelas: Bahia e Guanabara), Jardim Marco Zero (passarelas: José Rodrigues Leitão, Raimundo Pereira Trindade, Antônio Wanildo, Fernando Neves Dias, Dois de Moraes), distrito de Fazendinha (passarelas: Pantanal, Mário, Sabino Nobre Borges), Novo Buritizal/Cuba de Asfalto (passarelas: Armando Limeira Ponte, Helder Soares, 13 de Setembro, Cândido Portinari) e Igarapé da Fortaleza (passarelas: Salvador Diniz, Marcelo Ribeiro Cavalcante e Tia Dica). Um valor de R$ 817.535,40 para o total de 3.283,57 metros de passarelas; recurso de emenda do senador Davi.

 

Com os R$ 684.517,93, de emenda do deputado André Abdon, serão executados 2.835,80 metros de passarelas e atendidos os bairros Muca (passarelas: Tupi, 18 de Julho, José de Paula Lobo, Rui Barbosa, José de Alencar e 21 de Julho), Santa Rita (passarela Minas Gerais), Vale Verde (passarelas: Marinha, Estaleiro, Brevense, do Grosso, Araguari, 22 de Novembro e Tucumã), São Lázaro (passarelas: Dirceu Cordeiro, José Pereira Teixeira, Pedro Wilson Penafort, Emílio Médici e Assembleia), Jesus de Nazaré (passarela Marcílio Dias) e Jardim Marco Zero (passarelas: da Paz e Vênus).

 

Desde o ano passado, a prefeitura trabalha na construção de novas passarelas em madeira e concreto. Ao todo, já foram concluídos um pouco mais de sete quilômetros.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *