Cidades

Nilson Montoril avalia como “prejuízo histórico impagável” a destruição do Museu Nacional

Historiador lamenta o que chama de descaso do governo federal na preservação da história e da cultura.

Compartilhe:

O professor e historiador Nilson Montoril lamentou nesta segunda-feira (03) no programa LuizMeloEntrevista (DiárioFM 90,9) o incêndio que destruiu o Museu Nacional, no Rio de Janeiro. Segundo ele, trata-se de “uma tragédia com prejuízo histórico impagável”. Ele lamentou o descaso do governo federal com a preservação da história brasileira.

 

“Infelizmente uma catástrofe dessa natureza pode ser esperada, porque quase sempre os órgãos de cultura no Brasil são delegados; os museus como um todo, principalmente do porte do Museu Nacional precisam ter vigilância constante de todos os setores, em especial do Corpo de Bombeiros e do próprio museu, porque tudo pode ocorrer e causar uma tragédia desse porte, como um curto circuito ou mesmo um raio”, avaliou, finalizando:

 

– No caso específico do Museu Nacional é ainda mais grave porque a gente sempre ouvia notícias de que a estrutura prédio estava caindo aos pedaços, e por falta de iniciativa do governo, estavam fazendo subscrição pública (‘vaquinha’) para conseguir dinheiro apesar da manutenção e preservação ser de responsabilidade do governo. PÉ lamentável o que ocorreu porque a cultura, a história, não pode ser relegada a isso.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *