Cidades

ONS reduz previsão de chuvas para hidrelétricas em fevereiro

Crise da Água


Compartilhe:

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) reduziu a previsão para o volume de chuva que deve chegar aos reservatórios das principais hidrelétricas do país neste mês de fevereiro. Em relatório, o ONS estima que, no melhor cenário, o volume de água até o final do dia 28 de fevereiro deve ser equivalente a 63% da média histórica para o mês. No pior, ficaria em 54%.

Na semana passada, a previsão do órgão era mais otimista: variava entre 75%, no melhor cenário, e 55%, no pior. A estimativa é para os reservatórios das hidrelétricas localizadas no Sudeste e Centro-Oeste, que respondem por cerca de 70% da capacidade do país de gerar energia.

Se a mais nova previsão do ONS se confirmar, essas represas chegariam ao final de fevereiro com armazenamento médio entre 20% e 22% do total, volume baixo para essa época do ano quando o esperado eles se encham.

De acordo com o próprio ONS, para que o abastecimento de energia no país em 2015 esteja garantido, essas represas precisam chegar ao final de abril, quando termina o chamado período úmido, com nível médio entre 30% e 35%.

Pior janeiro em 85 anos
No início de fevereiro, o G1 revelou que o volume de chuva que chegou aos reservatórios das principais hidrelétricas do país em janeiro de 2015 foi o mais baixo para o mês dos últimos 85 anos.

Segundo o ONS, a chuva registrada foi equivalente a 38,04% da média para o mês, o pior índice do histórico que começa em 1931. Antes, o volume mais baixo havia sido verificado em 1953, quando a chuva correspondeu a 44,6% da média histórica.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *