Cidades

Padre impede Dança do Marabaixo dentro da Igreja Jesus de Nazaré, diz Daniela Ramos

Comunidade marabaixeira começa a se mobilizar para que tradição seja mantida no Dia do Divino Espírito Santo; vai ao bispo Dom Pedro Conti

Compartilhe:

Um impasse está estabelecido entre o novo padre titular da Paróquia Jesus de Nazaré, Luiz Miranda, e os marabaixeiros de Macapá, por conta da Festa do Divino Espírito Santo, a ser realizada domingo, 9.

Há muitos anos, os marabaixeiros do Mestre Pavão costumam incluir na programação ao Divino Espírito Santo a realização, pela manhã, de Missa na Igreja Jesus de Nazaré, seguida da Dança do Marabaixo, no interior do templo.

A família de Mestre Pavão procurou o novo pároco, solicitando o cumprimento da tradicional programação. Padre Paulo aquiesceu sobre a celebração da Missa, no entanto não aceitou a dança. O religioso disse a uma filha de Pavão que o Marabaixo pode ser dançado na frente da igreja, mas não dentro.

Na manhã desta quinta-feira, 6, Daniela Ramos, uma das principais militantes da ala  jovem do Marabaixo, usou o programa LuizMeloEntrevista (Diário FM 90,9) para protestar e anunciar que vai ao bispo Dom Pedro José Conti reivindicar a continuação da Dança do Marabaixo dentro da Igreja Jesus de Naz aré como parte das homenagens ao Divino Espírito Santo.

“Estamos estarrecidos, revoltados com essa posição do padre Luiz Miranda, novo na Paróquia Jesus de Nazaré e que quer acabar com uma tradição. Nós, do Marabaixo, temos uma ligação muito grande com a Igreja Católica, quase todos somos católicos, são chamados para participar, como devotos, das realizações paroquiais. Vamos ao bispo, ainda hoje, para reverter esta situação”, desabafou Daniela.

 

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




6 comentários em “Padre impede Dança do Marabaixo dentro da Igreja Jesus de Nazaré, diz Daniela Ramos”

  • Keyton S. da Silva disse:

    O padre, talvez inspirado por Deus, não impediu a manifestação. Mas sugeriu que a manifestação possa ocorrer nos arredores da igreja. Pois a casa de Deus é um lugar de oração, e não de festa.

  • Nina Paula disse:

    “Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus!!!!” Parabéns a este padre! Existem muitos outros lugares para que a bela cultura do marabaixo seja praticada e não dentro da igreja!!!

  • ARI disse:

    TÁ CERTO NÃO. O MARABAIXO É CULTURA AMAPAENSE E FAZ PARTE DA NOSSA HISTÓRIA!

  • Silvia coelho disse:

    Nada contra o Marabaixo mas o padre esta corretíssimo , a igreja não é lugar de dança folclórica, é lugar de oração.

  • Silvia disse:

    Tá certíssimo a atitude do padre ..dependo d religião igreja é lugar Santo casa d Deus eles tem mas é que respeitar a casa do senhor

    • Fernando disse:

      Concordo com vc o padre tá certo mesmo, esse pessoal é abusado, pra vcs terem uma noção tem um desses rapazes que nesse dia ia vestido de mulher dentro da igreja e dançava vestido de mulher em cima do altar da igreja. Nada contra o marabaixo mais tudo tem limite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *