Cidades

Prefeitura de Macapá renova decreto e mantém suspensão de aulas por mais 30 dias

A decisão faz parte do pacote de medidas adotadas pelo Município para o enfrentamento e combate à proliferação do Coronavírus, que, até o momento, já contabilizou mais de 5 mil pessoas infectadas pelo vírus.

Compartilhe:

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, assinou nesta terça-feira, 2 de junho, o Decreto nº 2.138/2020, que prorroga a suspensão das aulas nas redes municipal e privada de Macapá por mais 30 dias. A decisão faz parte do pacote de medidas adotadas pelo Município para o enfrentamento e combate à proliferação do Coronavírus, que, até o momento, já contabilizou mais de 5 mil pessoas infectadas pelo vírus.

 

O documento dispõe sobre a prorrogação do Decreto nº 1.656 de 16 de março de 2020 e amplia o prazo de suspensão por mais 30 dias das atividades letivas de forma presencial de toda a rede escolar pública e privada de ensino no âmbito do município, a contar do dia 3 de junho de 2020. A medida é uma forma de prevenir e tentar conter a proliferação da doença e busca evitar a aglomeração de pessoas em unidades escolares. A decisão segue as orientações do Comitê Municipal de Enfrentamento e Respostas Rápidas ao Coronavírus, que pede para que a população mantenha o isolamento social, maior arma de combate ao vírus.

 

“Essa é uma medida protetiva decidida pela Prefeitura de Macapá, no sentido de resguardar os alunos e os profissionais da educação, evitando a proliferação do vírus. Neste mês de junho, a Secretaria de Educação, como já vem sendo feito desde o início do isolamento social, continuará as atividades pedagógicas não presenciais, por meio virtual e de forma impressa, com a entrega de exercícios aos alunos, fazendo o acompanhamento diário pelo aplicativo ‘Escola com Você’ e de forma semanal pelas informações que são repassadas pela Coordenação Pedagógica de nossas escolas”, ressaltou o prefeito.

 

O documento estabelece também quanto ao expediente interno das rotinas de trabalho da Secretaria de Educação, regidos por portaria específica da pasta, que pode ser editada nova portaria pela titular, quando a situação exigir ou for necessária modificar a forma de trabalho definida no âmbito da secretaria. Quanto aos ensinos público e privado às instituições de ensino, ficam definidos que as mesmas poderão funcionar com a realização de atividades pedagógicas com o advento de gravação ou preparação desta, desde que não haja aglomeração.

 

No âmbito da rede pública, mesmo com a suspensão das aulas, a Secretaria Municipal de Educação adota medidas para que os estudantes não percam o ritmo nos estudos e possam dar continuidade às atividades escolares, mesmo que em casa, com a realização de atividades e acompanhamento de forma online pelos professores do Município, desde o início do isolamento.

 

Por meio do WhatsApp, muitos pais e, principalmente, as crianças tiram dúvidas com os professores, que corrigem os exercícios e propõem novas tarefas para esse período de quarentena. Pais e alunos, a partir de agora, também podem contar com uma plataforma virtual de estudos https://sites.google.com/view/semedmacapa, que possibilita às crianças uma gama de atividades para esse período, como jogos educativos, atividades diárias de estudo, vídeos educativos, contos infantis e informações sobre as medidas, e formas de prevenção e combate à Covid-19.

 

Recentemente, a secretaria disponibilizou aos pais e alunos mais uma ferramenta online. É o aplicativo “Escola com Você”, que possibilita a eles, por meio do celular, ter acesso às atividades, videoaulas, livros, jogos e brincadeiras que podem ser utilizados para o desenvolvimento do ensino do aluno em casa, além de poder acompanhar mais de perto a vida escolar do aluno. Para aqueles que não possuem acesso à internet, as atividades são entregues em forma de apostilas impressas.

 

“O objetivo é cada vez mais fazer com que as atividades não presenciais cheguem ao maior número de alunos possíveis. Mesmo na quarentena, nossa equipe trabalha para o retorno das atividades presenciais, para que a gente possa, muito em breve, voltar às aulas presenciais, trabalhando e fortalecendo o emocional de nossos alunos e profissionais da educação, e, consequentemente, fortalecendo também as atividades pedagógicas e o processo de ensino-aprendizagem”, informou a secretária de Educação, Sandra Casimiro.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *