Cidades

Prefeitura entrega cestas básicas e vale-gás aos trabalhadores do aterro sanitário de Macapá

Coordenado pelas secretarias de Assistência Social, Zeladoria Urbana e Mobilização e Participação Popular, foram 150 cestas básicas e 70 benefícios de vale-gás e entregues.

Compartilhe:

O evento foi coordenado pelas secretarias de Assistência Social (Semas), Zeladoria Urbana (Semzur) e Mobilização e Participação Popular (Semopp). Foram 150 cestas básicas e 70 benefícios de vale-gás entregues aos trabalhadores, que também puderam atualizar o Cadastro Único e realizar a inscrição para receber o cartão Auxílio Alimentação.

“Esta ação dedicada aos carapirás era extremamente necessária e uma das mais importantes para nós, pois é um benefício que chega nas mãos de pessoas extremamente afetadas pela vulnerabilidade social”, disse a secretária de Assistência Social, Patrícia Ferraz.

O secretário municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick, ressaltou o papel da Prefeitura em garantir sempre o atendimento aos trabalhadores através das ações em conjunto.

“Conseguimos reunir hoje o máximo de catadores para receberem os benefícios. É dessa forma que a Prefeitura irá sempre desenvolver os trabalhos, para que todos se sintam devidamente acolhidos”, afirmou o gestor.

As cestas básicas distribuídas na ação são procedentes de recurso do Fundo Estadual de Assistência Social (Feas), já o vale-gás é um benefício adquirido com recurso de emenda parlamentar de enfrentamento à pandemia, no valor de R$ 9,1 milhões, destinado pelos deputados Acácio Favacho, Luiz Carlos e senador Randolfe Rodrigues.

Artuzias Manoel de Souza, 65 anos, trabalha como catador desde 1993. Ele afirma que a gestão municipal hoje demonstra que pode estar em todos os lugares.

“É a primeira vez que a prefeitura adentra o nosso local de trabalho para realizar serviços desse tipo. Para as famílias que tiram a pouca renda dos resíduos sólidos, essa cesta básica cheia é mais do que uma ajuda, às vezes é exatamente o que falta para a família que tem fome”, disse.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *