Cidades

Prefeitura faz ajustes finais no prédio onde funcionará novo Cras de Macapá

O espaço irá possibilitar o acesso da população aos benefícios, serviços e projetos de assistência social. A obra foi executada em 45 dias, com recurso do Tesouro municipal, orçada em R$ 699.622,54.

Compartilhe:

A Prefeitura de Macapá está na fase de ajustes finais para a entrega do novo prédio onde funcionará o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Zona Oeste, localizado no bairro Marabaixo. O espaço irá possibilitar o acesso da população aos benefícios, serviços e projetos de assistência social. A obra foi executada em 45 dias, com recurso do Tesouro municipal, orçada em R$ 699.622,54.

Localizado na Rua Ranolfo de Souza Gato, o Cras Zona Oeste irá conter salas de recepção, de atendimento coletivo e individual, e de equipe de referência, administração, coordenação, banheiro adaptado para pessoas com deficiência, banheiro para funcionários, vestiário, brinquedoteca, depósito, copa/cozinha e áreas de serviço e de circulação.

Foram aplicadas novas metodologias construtivas de construção modular e o emprego de painéis termoacústicos, que possui maior durabilidade e resistência ao fogo, ou seja, é incombustível, minimizando os riscos de incêndios. “Os moradores da região, há tempos, necessitavam de um local de atendimento da assistência social, pois, para isso, precisavam se deslocar até a zona sul. A Prefeitura de Macapá fez um projeto de um espaço acolhedor e que atendesse a necessidade da população. Estamos trabalhando nos ajustes finais, para que, em breve, a cidade receba mais um logradouro de atendimento à população”, comenta o secretário adjunto de Governo e coordenador do Plano de Obras do Município, David Covre.

O Cras

É uma unidade pública estatal descentralizada da política de assistência social sendo responsável pela organização e oferta dos serviços socioassistenciais da Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (Suas) nas áreas de vulnerabilidade e risco social dos municípios e Distrito Federal.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *