Cidades

Profissionais da saúde participam de treinamento para vacinação contra o vírus influenza

Igual ao ano passado, a Semsa terá um cronograma específico para cada grupo prioritário

Compartilhe:

No dia 16 de abril inicia mais uma edição da Campanha Nacional contra a Influenza. Para orientar os profissionais, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realiza nesta quinta, 12, e sexta-feira, 13, um treinamento para o repasse de informes técnicos e critérios para a vacinação. Este ano, o Município tem a meta de imunizar 91.181 pessoas dos grupos prioritários.

Igual ao ano passado, a Semsa terá um cronograma específico para cada grupo prioritário, iniciando pelos trabalhadores da Saúde, dia 16. “Para evitar tumulto e grandes filas nas unidades, manteremos a estratégia do ano passado e cada grupo prioritário terá um período para se vacinar. Iniciaremos pelos profissionais da saúde, que, no ato da vacinação, devem apresentar carteira profissional ou declaração do órgão em que trabalha”, informa a coordenadora municipal de Imunização, Jorsette Cantuária.

Além deles, a vacinação é disponibilizada para bebês a partir dos seis meses e crianças menores de cinco anos de idade, idosos a partir dos 60 anos, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), pessoas com doenças crônicas, povos indígenas, professores de escolas públicas e privadas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais deverão apresentar documentos como laudo médico, receita, carteirinhas dos programas de saúde, prescrição médica ou outro documento que comprove a sua condição clínica para receber a vacina. Crianças a partir de seis meses que nunca foram imunizadas contra a Influenza precisam receber duas doses com intervalo de 30 dias entre elas.

 
Compartilhe:

Tópicos: