Cidades

Programa Saúde na Escola discute saúde mental e cultura da paz com alunos de Macapá

A iniciativa faz parte de estratégia para integrar políticas e ações de saúde para alunos da rede pública.

Compartilhe:

Alunos da escola municipal Josafá Aires da Costa receberam equipes de saúde da Prefeitura de Macapá para conversas voltadas ao ambiente escolar nesta semana. A atividade, executada por enfermeiros, psicólogos e agentes comunitários de saúde (ACS), aborda temáticas diferentes dentro das escolas: saúde mental e cultura da paz.

Por meio do diálogo com os alunos é possível despertar nos pequenos a pratica da boa vizinhança com os amigos e colegas de turma. A secretária municipal de Saúde, Karlene Lamberg, destaca a importância do trabalho executado dentro das escolas pactuadas no município.

“O Programa Saúde na Escola faz parte de uma estratégia para integrar políticas e ações de saúde para alunos da rede pública, contribuindo na formação escolar e orientando as crianças sobre os cuidados com a saúde e alertando sobre atitudes que possam gerar transtornos no ambiente escolar, como por exemplo, o bullying dentro da escola”, explicou.

Aluno da 3°série, Davi Beni Axis de Ataíde conta um pouco do que aprendeu durante o diálogo na sala de aula. “Aprendi sobre compaixão, aprendi também que devemos ter mais amor do que conflito. A tia nos ensinou sobre como agir diante das situações e disse que não devemos zombar dos nossos colegas. Espero que a minha turma tenha entendido também”, disse o garoto.

 

Programa Saúde na Escola
É um programa dos ministérios da Saúde e da Educação, que tem o objetivo de integrar e articular, entre as políticas e ações de educação e de saúde, com a participação da comunidade escolar, das equipes de atenção básica e da educação básica pública. Contribui para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, com destaque ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *