Cidades

Quatro menores são confirmados com sarampo. Campanha de vacinação segue do estado

Dois casos em Macapá e dois em Santana. Em todos os casos as pessoas não foram vacinadas contra a doença.

Compartilhe:

Foram notificados à Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) quatro casos de sarampo, sendo dois em Macapá e dois em Santana.

Na capital trata-se de irmãos do sexo masculino, um de 5 e outro de 9 anos de idade, residentes no bairro Pacoval, zona norte da cidade. Em Santana, são duas pessoas do sexo feminino, uma de 2 e outra de 17 anos, residentes no mesmo domicílio, no bairro Central. Em todos os casos não há cobertura vacinal e histórico de viagem para outro estado.

“Os pacientes estão estáveis, com sintomas da doença e sendo tratados em casa, não precisaram ser internados, pois não tiveram agravamento dos sintomas”, afirmou João Farias, técnico da Unidade de Doenças Transmissíveis da SVS.

Confirmação Laboratorial

Os quatro casos foram confirmados nas duas etapas – de prova e contra prova – pelo Laboratório Central (Lacen).

A coleta de sangue é feita e é analisada a sorologia para detecção de anticorpos específicos da doença (IgM e IgG).

Vacina é a principal prevenção

A vacina contra o sarampo faz parte do calendário vacinal das crianças, ministrada aos 12 meses e 15 meses de idade. A tríplice viral, que previne também contra caxumba e rubéola, tem comprovação de altíssima eficiência, se ministrada de forma correta, em duas doses.

O Ministério da Saúde (MS) está em campanha de vacinação estendendo para pessoas de até 59 anos de idade em todo o país. No Amapá, a SVS elaborou estratégia diferenciada atuando dentro dos shoppings.

Qualquer pessoa até 59 anos que nunca tomou a vacina, que está com dose incompleta ou não se lembra, deve procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para atualizar a cobertura. Para isso, basta levar o cartão do SUS, carteira de vacina (se houver) e documento de identidade para se vacinar.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *