Cidades

Rodovia JK passa por serviço de recuperação asfáltica e implementação de ciclovia

Prefeitura de Macapá informou ainda que o projeto de mobilidade urbana contempla reforma de algumas calçadas do passeio público e sinalização vertical e horizontal.

Compartilhe:

Railana Pantoja
Da Redação

 

A Prefeitura de Macapá anunciou na manhã desta quarta-feira (5) que a rodovia JK, no trecho urbano que começa na rotatória do Araxá e encerra na rotatória do Monumento Marco Zero, passará por serviço de recuperação asfáltica a partir desta quinta-feira (6).

“Todo o trecho será requalificado; o asfalto antigo é removido, reciclado, reaproveitado e é feita uma capa asfáltica totalmente nova. A ciclovia começa na rotatória do Marco Zero e vai até a rotatória do Araxá, vai ficar muito legal. Vamos fazer o serviço do Monumento Marco Zero pra cá, passa em frente aos supermercados, pracinha, segue pelo posto de combustível, passa pela Bacia do bairro Pedrinhas, faculdades particulares, concessionárias de carros e termina na próxima rotatória”, detalhou David Covre, secretário-adjunto de gestão governamental de Macapá.


Além da recuperação asfáltica e implementação da ciclovia, o projeto de mobilidade urbana contempla reforma de algumas calçadas do passeio público e sinalização vertical e horizontal.

“Na semana passada iniciamos a obra com a parte da ciclovia, que não precisa de intervenção no trânsito, e a partir de amanhã a gente começa a reciclar o asfalto, requalificar a rodovia, aí começam os trechos de interdição no trânsito daquele perímetro. Nosso ritmo é acelerado para executar essa obra em agosto, setembro e outubro”, completou David.

Com o início dos trabalhos nesta quinta (6), os motoristas devem ficar atentos ao trânsito na região, que sofrerá desvios para garantir a segurança dos trabalhadores da obra. No sentido Macapá/Santana, os motoristas deverão seguir o desvio pela Av. Ivaldo Veras, para então retornar à rodovia. Já quem transitar no sentido Santana/Macapá, o desvio será pela Av. Equatorial.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *