Cidades

Secretário da PMM lamenta transtornos, mas reforça importância das obras de mobilidade

David Covre também anuncia para a segunda quinzena de agosto o início de obras de pavimentação de ruas e avenidas para aproveitar o verão amazônico.

Compartilhe:

Cleber Barbosa 
Da Redação

 

O secretário-adjunto de governo da Prefeitura de Macapá, David Covre, concedeu entrevista à rádio Diário FM (90,9) sobre uma grande obra de mobilidade urbana que embora venha causando muitos transtornos ao trânsito, representa um grande salto em termos de alcance e fluidez do tráfego – com a instalação de drenagem superficial que aumenta muito a qualidade e a durabilidade do pavimento.

 

Covre também atualizou informações sobre esta grande obra executada em Macapá, que inicia na Rua Claudomiro de Moraes, na zona sul.

 

“Ela percorre toda aquela via, passa pela 13 de Setembro, pela Clodóvio Coelho, avança pela Santos Dumont e pela Hildemar Maia, até chegar na Antônio Coelho de Carvalho, então aquela fase é de instalação da drenagem das águas da chuva, então aquelas tubulações que estão sendo feitas escavações no pavimento é necessário fechar o trânsito em algumas dessas vias”, explicou.

 

O representante da gestão municipal disse que a obra está em plena execução, de forma acelerada e que é um trabalho diário, quarteirão por quarteirão, que gradualmente vai sendo liberado o trânsito, mesmo sem o novo capeamento asfáltico, que virá na fase final dos serviços de aterramento da tubulação.

 

Estiagem

O secretário, que é arquiteto por formação, disse ainda que na segunda quinzena de agosto é quando está previsto começar o período mais rigoroso do verão amazônico, portanto quando a Prefeitura de Macapá poderá avançar em obras viárias de recapeamento asfáltico, pavimentação de novas vias e terraplenagem de outras.

 

Ele disse que sabidamente existe uma chamada janela climática para execução de obras de infraestrutura.

 

“As obras de pavimentação não são possíveis de ser executadas debaixo de chuva, diferente das obras prediais, que mesmo no período chuvoso a gente consegue avançar. Mas de agosto, setembro, outubro e novembro vamos trabalhar forte com serviços também de limpeza de rua, terraplenagem e pavimentação”, concluiu.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *