Cidades

Semob esclarece sobre metodologia de tapa-buraco em Macapá

População reclama da demora das equipes para fechar os recortes que são feitos.

Compartilhe:

Railana Pantoja
Da Redação

 

Após reclamações sobre a demora da equipe tapa-buraco para fechar os recortes no asfalto, a Secretaria Municipal de Obras (Semob) explicou como funciona a metodologia de trabalho da equipe responsável pela recuperação asfáltica em Macapá.

De acordo com o secretário David Covre, a equipe se divide em dois setores. “Temos uma equipe com sete homens; alguns recortam e os outros colocam a massa. A equipe de corte tem uma noção da quantidade que ela deve cortar, para que a massa seja suficiente pra ser aplicada naquele espaço. Eventualmente, pode acontecer de cortar um buraco a mais e quando a massa chega não é suficiente”, justifica.

David diz que, quando isso ocorre, a massa é colocada no outro dia. “Pode acontecer de algum encarregado de equipe está recortando por ali, não completar a massa, seguir para outra rota e o buraco que ficou sem massa acaba ficando pra trás”, falou.

“Mas nós temos um supervisor que passa na rota novamente, observa isso e aí deslocamos uma equipe para tapar o buraco”, finalizou David.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *