Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Cidades

Superfácil suspende atendimentos por 10 dias após ter 60% dos colaboradores doentes

A partir de segunda-feira (24), os atendimentos presenciais estarão suspensos, com exceção para a entrega de CNHs e RGs.


A diretoria do Superfácil suspende por 10 dias úteis, a partir de segunda-feira, 24, os atendimentos presenciais nas unidades em todo o estado. A decisão é necessária uma vez que mais de 60% dos servidores estão com covid-19 ou com a síndrome gripal H3N2.

 

A exceção é para entrega de documentos já solicitados, como as Carteiras de Identidade e Nacional de Habilitação (CNH). Para isso, cada unidade terá uma equipe administrativa escalada para entregar os documentos das 8h às 13h, de forma presencial.

 

Teletrabalho

De acordo com a diretora-adjunta do Superfácil, Patrícia Silva, mesmo com os serviços suspensos presencialmente, os servidores trabalharão em regime de teletrabalho para os atendimento onlines.

 

“Vamos continuar com os atendimentos em home office para ações como solicitação de 2° via de conta de energia, orientações sobre o INSS ou emissão do cartão do SUS, que podemos enviar em PDF. Os demais serviços estão suspensos temporariamente”, informou.

 

Retorno

No retorno às atividades presenciais, haverá prioridade para os atendimentos já marcados antes da suspensão, uma vez que existe demanda reprimida.

 

A medida é válida, inicialmente, por 10 dias, mas pode ser prorrogada caso prossiga a incidência com os servidores.


Comente