Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Esportes

Amapá receberá seletiva nacional de desporto escolar

A seletiva está prevista para acontecer em maio deste ano


Por Lana Caroline
Da Redação 

Nesta segunda-feira (17) o governador do Amapá, Waldez Góes, reuniu com o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho, e o presidente da Federação Amapaense de Futebol (FAF), Roberto Góes, para tratar da Seletiva Nacional Gymnasiade no Amapá. Essa é a primeira vez que um evento esportivo dessa magnitude será realizado no estado.

A programação foi apresentada pela confederação, por videoconferência, com as datas e previsão do número de participantes da seletiva, que reúne atletas das mais diversas modalidades de 20 estados e mais o Distrito Federal.

O presidente da confederação afirmou que, além da notoriedade de Macapá ser a cidade sede do evento, os investimentos devem gerar tributos de mais de R$ 3 milhões e aquecer a economia local. Em contrapartida, algumas solicitações foram feitas ao estado, como a infraestrutura esportiva, estrutura técnica, internet, atendimento médico para emergências e segurança pública.

“Nós vamos fazer um investimento de cerca de R$ 1,8 milhão só em passagens aéreas, uma vez que a CBDE arca com o deslocamento das delegações. Gastos com hospedagem, alimentação e transporte interno, por exemplo, devem gerar tributos de mais de R$ 3 milhões e aquecer a economia local”, disse o presidente Hora.

O governador Waldez frisou a importância de um evento desse porte em solo amapaense e que o monitoramento sanitário é primordial para a realização da seletiva.

Góes encarregou o chefe-adjunto de gabinete, Carlos Marques, para conduzir a agenda em alinhamento com as secretarias de Desporto e Lazer, Segurança, Infraestrutura, e Planejamento, FAF e demais representantes do esporte amapaense, que atuam de forma transversal.

Ficou acertado que o estado enviará à confederação uma proposta do local onde deverá ser montada a estrutura para a realização da seletiva, tendo o entorno da Fortaleza de São José de Macapá como proposta.

“Realizar uma competição de nível internacional no meio do mundo, esquina com rio Amazonas, com a proteção da maior fortificação da Colonização Portuguesa do Brasil, é uma das propostas”, adiantou o governador.


Comente