Esportes

Carlos Berg é o campeão do Amapá Open de Tênis

O Amapá Open de Tênis chegou à final, na quadra do Centro Didático Rosa Ataíde em Macapá. Na primeira classe, categoria principal, ficaram frente a frente dois dos principais tenistas amapaenses: Carlos Berg e Fred Castro fizeram uma partida disputadíssima do início ao fim e com placar apertado de dois sets a um, Berg ficou […]

Compartilhe:

O Amapá Open de Tênis chegou à final, na quadra do Centro Didático Rosa Ataíde em Macapá. Na primeira classe, categoria principal, ficaram frente a frente dois dos principais tenistas amapaenses: Carlos Berg e Fred Castro fizeram uma partida disputadíssima do início ao fim e com placar apertado de dois sets a um, Berg ficou com o título.

A partida começou com ritmo forte, troca de passes e muita velocidade, demonstrando que seria equilibrada. Concentrado desde os primeiros minutos, Carlos Berg conseguiu maior volume em quadra e venceu o primeiro set por 6 a 3. No segundo período, Fred Castro ‘acordou’ e impôs seu estilo de jogo com bons saques, devolvendo o mesmo placar. No terceiro tempo Berg voltou melhor e com dificuldades, fechou o set em seis a três novamente. Placar final, 2 sets a 1.


“Já conheço a forma de jogar do Fred, até porque treinamos juntos e tive oportunidade de fazer algumas finais contra ele. Vim com a tática preestabelecida e procurei variar a bola, jogando de um lado para outro, o que acabou dando certo. Acertei no momento que devia e ele errou no momento que não podia. No final deu tudo certo”, revelou Carlos Berg.

Para Rui Souza, presidente da Federação Amapaense de Tênis (FAT), a competição teve bons jogos e com resultados surpreendentes. Foi o caso da eliminação precoce de tenistas de outros estados, uma prova de que os amapaenses estão no caminho certo. Ele explica que os trabalhos desenvolvidos na base do esporte já começam a surtir efeitos.
“A procura de crianças e adolescentes e o aumento no número de quadras tem contribuído para a melhoria do esporte no estado. Consequentemente, os que já vinham praticando acabam crescendo o nível técnico. Nos confrontos dos atletas de outros estados, os amapaenses acabaram se saindo melhor e isso é uma prova de que o trabalho está sendo bem feito”, ressaltou Souza.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *