Esportes

Glicério Marques: primeira etapa da obra entra em fase de finalização

Além do tradicional campo de futebol, o complexo esportivo terá pista de atletismo, piscina, quadra poliesportiva, vestiários e espaço dedicado a outros esportes

Compartilhe:

A primeira etapa da construção do complexo esportivo está com mais de 70% dos serviços concluídos. O novo projeto de esporte e convivência social na área do Glicério Marques é divido em três etapas, com orçamento total de pouco mais de R$ 13 milhões.

Essa primeira fase engloba os serviços de construção das pistas de atletismo e de caminhada, bloco de vestuários femininos e masculinos, implantação da quadra poliesportiva, de basquete e vôlei de praia. Contempla ainda a reforma da piscina semiolímpica para adultos e a construção da piscina infantil, área de estacionamento, três guaritas, lanchonete, quatro sanitários e área de foodtruck com estacionamento.

Também são executados nesse primeiro momento todos os serviços estruturais, como a construção de três reservatórios de água, instalações elétricas gerais, sistema de combate a incêndios, urbanização, drenagem geral, paisagismo e sistema hidrossanitário.

A obra é executada pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob).  Essa primeira etapa tem prazo de entrega para o final deste ano. Para o gestor da pasta, Cássio Cruz, o novo espaço vai dar acesso a outros esportes, além do futebol.

“Vamos entregar piscinas para aula de natação, equipamentos para prática de esportes radicais, atletismo e quadra poliesportiva. Fizemos uma pista de caminhada para as pessoas que já utilizam esse local, para que façam seu exercício com segurança. Além de oferecer mais um local de lazer com atividades para toda a família”, finalizou.

2º Etapa

A segunda etapa da obra vai ter pista de skate, parede de escalada, os blocos de luta e dança, academia ao ar livre para terceira idade e pessoas com deficiência física, quadra de futebol society e a revitalização do campo de futebol. Essa fase já foi licitada e deve começar a ser executada após a entrega da primeira etapa.

“Nosso objetivo é manter os objetos originais que dão personalidade e tradição ao Glicério Marques e agregar ao complexo novas modalidades esportivas. Vamos conseguir viabilizar vários esportes para todas as faixas etárias. Será o complexo esportivo público e municipal que Macapá nunca teve”, disse o subsecretário de obras Ivy Vasconcelos.

Recursos

Toda a obra custará cerca de R$ 13 milhões. Esse recurso é a soma de três emendas parlamentares. Duas foram enviadas pelo senador Davi Alcolumbre (DEM), uma no valor de R$ 7,8 milhões, com contrapartida municipal de aproximadamente R$ 2 milhões, e outra emenda no valor de R$ 2,1 milhões que será utilizada para construção de todos os equipamentos.

A terceira emenda foi enviada pelo então deputado federal Evandro Milhomem ,no valor de R$ 2 milhões, que será utilizada especificamente para recuperação do campo, drenagem e instalação elétrica.

Novo Estádio

Além do tradicional campo de futebol, os visitantes terão acesso a outras modalidades esportivas como atletismo, basquete, vôlei de praia, skate, academia ao ar livre, natação, quadra poliesportiva e um bloco para aulas de artes marciais e dança. O projeto também conta com parede para escalada, espaço para food truck, bicicletário e área de convivência.

O estádio Glicério Marques foi inaugurado em 15 de janeiro de 1950. O espaço foi palco de grandes competições nacionais e estaduais. Com seus 71 anos, ele entra em uma nova fase da história através desta revitalização.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *