Esportes

Paratleta amapaense já está no México para representar o Brasil no Campeonato Panamericano

A participação de Leyliane Santos está marcada para esta quinta-feira, 3. Ainda em junho, ela também participa do Ásia Open, no Líbano.

Compartilhe:
A paratleta amapaense Leyliane dos Santos já está em solo mexicano onde vai representar o Amapá e o Brasil no Campeonato Panamericano Open de Parataekwondo, que acontece em Cancún desde 31 de maio. A participação dela está marcada para esta quinta-feira,3.

Aos 24 anos, Leyliane já carrega medalhas de bronze que conquistou em torneios internacionais no ano de 2019. Ela está entre as vinte melhores do mundo em sua categoria. Mas esse patamar não a envaidece a ponto de relaxar nos treinos. Mesmo com as academias fechadas durante o período de isolamento social, ocasionado pela pandemia de covid-19, ela intensificou os treinos nos últimos anos, adaptando seu quarto para que sentisse a mesma segurança e energia de quando está no tatame.

A paratleta  se sente preparada para os desafios e está confiante que irá trazer o ouro para o Brasil. Além do campeonato em Cancún, na sequência, ela também irá disputar o Ásia Open de Parataekwondo, que acontecerá em Beirute, no Líbano, de 12 a 17 de junho.

“Quero agradecer primeiramente a Deus por tudo que está acontecendo na minha vida. Agradecer ao meu mestre Bruno Igreja que está me preparando desde o começo. Meu muito obrigada a todos que fazem parte dessa história!”, declarou Leyliane.

Em uma postagem em uma de suas redes sociais, ela também agradeceu a família, colegas do esporte e profissionais que a acompanham. As competições no México encerram no dia 5 de junho.

Atleta Bolsa Esporte

Leyliane conta com o incentivo do Programa Bolsa Esporte, do Governo do Amapá que, em 2020, garantiu mais de R$ 1 milhão de investimentos no esporte local. Atualmente, o benefício dá suporte a 80 atletas e paratletas amapaenses de alto rendimento em modalidades individuais e coletivas.

Ela é atleta com dismelia unilateral em membro superior na categoria K44+ 58kg e há 4 anos recebe o valor mensal correspondente a um salário mínimo, permitindo assim sua participação em torneios  custeando despesas como passagens, material esportivo, serviços técnicos e manutenção pessoal.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *