Geral

Evento sediado pelo Amapá vai movimentar setor de logística portuária no Estado

Nos dias 1º e 2 de junho, o Estado vai sediar o Norte Export. Objetivo é contribuir com o desenvolvimento da infraestrutura portuária no norte do país.

Compartilhe:
Com uma localização geográfica privilegiada, banhado pelo Oceano Atlântico e pelo Rio Amazonas, o Amapá vai sediar a primeira edição do Fórum Regional de Logística e Infraestrutura Portuária – Norte Export. O tema foi abordado nesta quinta-feira, 12, em encontro no Palácio do Setentrião.

Voltado principalmente para investidores, empresários, poder público, estudantes e pesquisadores, o evento acontece nos dias 1º e 2 de junho e é organizado pela Una Marketing de Eventos com o apoio do Estado. O objetivo é fortalecer as discussões sobre o desenvolvimento do setor de infraestrutura e logística portuária regional.

Além do Amapá, participarão os estados do Acre, Amazonas, Roraima, Rondônia, Tocantins, Pará, Mato Grosso e Maranhão – eles compõe o Arco Norte. Nos dois dias de evento, serão apresentados quatro painéis com temas e subtemas como hidrovias, logística portuária e oportunidades de petróleo e gás.

O chefe-adjunto do Gabinete do governador, Carlos Marques, classifica o debate como fundamental.

“É uma grande oportunidade para que a gente possa mostrar as potencialidades do nosso Estado e da Amazônia dentro de todo esse complexo de negócios”, afirmou.

O coordenador do Norte Export, Ricardo Falcão, destacou que trata-se de uma forma de valorizar as potencialidades do Amapá para todo país, uma vez que os resultados do Norte Export serão apresentados no Fórum Nacional de Logística e Infraestrutura Portuária – Brasil Export que acontece em Brasília, no mês de outubro.

Ele acrescentou que o Norte Export permitirá que estados conversem entre si e com a iniciativa privada em busca de alternativas para o setor da logística portuária.

Falcão ressaltou que, quando uma região investe na infraestrutura correta, ela pode se tornar a solução econômica mais viável. “O centro-oeste do país é uma grande região produtora e o Amapá tem a capacidade de dar uma resposta logística a essa região”, disse o coordenador.

 

Organização

O Brasil Export existe há 18 anos e é organizado pela Una Marketing de Eventos. Em 2020, a organização realiza ações de nível regional. Além do Norte Export, há eventos nas regiões centro-oeste, sul, sudeste e nordeste.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *