Geral

Fórum do Trabalho de Macapá alcança independência usando energia solar

O Fórum Trabalhista de Macapá tinha 560 placas de energia solar instaladas em seu teto, que geravam energia suficiente para suprir 25% do consumo total do prédio que abriga ​as ​oito Varas do Trabalho que atende moradores d​os 16 municípios do estado.

Compartilhe:

Paulo Silva
Da Redação

Pioneira em diversos aspectos, a Justiça do Trabalho da 8ª Região ​em breve será detentora do título de possuir a maior edificação do país – seja no campo público como privado -​ a utilizar energia solar​ no seu funcionamento​.

O Fórum Trabalhista de Macapá tinha 560 placas de energia solar instaladas em seu teto, que geravam energia suficiente para suprir 25% do consumo total do prédio que abriga ​as ​oito Varas do Trabalho que atende moradores d​os 16 municípios do estado. ​A partir da expansão da área de captação de energia solar, com a instalação de mais 720 módulos fotovoltaicos ​na cobertura do estacionamento, o Fórum ​Trabalhista de Macapá alcan​çou ​mais de ​100% do ​seu ​consumo ​mensal ​de energia elétrica atendido pela energia solar​ captada.

​De acordo com o setor de engenharia do TRT da 8ª Região, o consumo médio do prédio ​fica em torno de 200 kw. No mês de junho ficou abaixo da média​,​ sendo 181,9 kw, porém​,​ a geração de energia ​captada pelas placas solares chegou a 237 kw​, o que significa uma economia de R$25 mil que são pagos com o uso da energia elétrica​.

​Pela maior proximidade com a linha do Equador, em Macapá o verão é longo, quente e de céu ​sem muitas nuvens, atingindo temperatura máxima diária acima de 33 °C . A época menos encoberta do ano em Macapá começa no início de junho​,​ o que contribuiu para o salto da produção da energia fotovoltaica. Segundo os estudos climáticos, a partir mês de agosto inicia-se o período mais radiante do ano, tendo início em 19 de agosto a 14 de novemb​ro​, com​ uma média de incidência de 6,4 kw por metro quadrado.

A expansão das placas solares no estacionamen​t​o do Fórum de Macapá foi concluída e o TRT8 receberá oficialmente a obra nesta terça-feira, 24 de julho, às 9h​,​ com a participação do ​presidente da comissão de obras do TRT8, ​d​esembargador Sérgio Rocha​,​ e o chefe da Engenharia do TRT8, o engenheiro Carlos Araújo.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *