Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Diário Destaque

Três estratégias para usar bem o tempo e atingir seus objetivos em 2022

As Testemunhas de Jeová disponibilizam gratuitamente artigos em mais de 1.044 idiomas através de seu site oficial, JW.ORG.


Melhorar o desempenho acadêmico, aprender um novo idioma, praticar atividade física, ler mais… Estes são apenas alguns dos objetivos que muitos estudantes prometem conquistar com o início de um novo ano. A verdade, porém, é que alcançar uma meta ou cultivar novos hábitos pode ser realmente desafiador.

Entre os obstáculos mais comuns para se ter sucesso nessa missão está a falta de tempo ou a má administração dele. Veja três estratégias que podem te ajudar a vencer esse desafio e chegar ao final de 2022 com uma lista de objetivos atingidos!

Estratégia 1: Seja organizado Faça uma lista do que você precisa fazer e determine se uma tarefa é importante, urgente ou ambos. Planeje suas atividades antes de começar. Saiba dizer ‘NÃO’ às atividades que não são importantes e só irão consumir seu tempo;
Estratégia 2: Fuja dos “ladrões” de tempo. Evite o perfeccionismo: é elogiável que alguém queira dar seu melhor, mas estabelecer padrões muito altos pode levar ao desapontamento e impedir você de ter progresso. E fuja da procrastinação: ela rouba tempo e produtividade;

Estratégia 3: Seja equilibrado e realista. Defina metas realistas, programe o tempo para seu descanso e para a família. Ter objetivos alcançáveis vai te ajudar a manter o foco e ter um senso de realização. Não se esqueça de comemorar as pequenas vitórias e fazer algo que você gosta!

As Testemunhas de Jeová disponibilizam gratuitamente artigos em mais de 1.044 idiomas através de seu site oficial, JW.ORG. O objetivo é ajudar pessoas a ter uma vida mais feliz. Talvez se surpreenda ao saber que as estratégias citadas acima são baseadas em princípios bíblicos. Leia a matéria completa e confira mais detalhes de como aplicar cada passo desses em sua vida!

Sérgio Figueira, porta-voz das testemunhas de Jeová no Amapá


Comente