Nota 10

Cerveja Trina Caboca representa o Amapá a partir desta terça-feira em evento internacional

A cerveja Caboca estará disponível no Espaço Terroir, onde ficam expostos 63 produtos de origem rural de todo o Brasil. O objetivo do Sebrae é abrir as portas para que os produtos regionais sejam divulgados, ampliando assim, a rede de contatos e oportunidades de fechar negócios.

Compartilhe:

Mariléia Maciel
Especial para o Diário

A marca Trina que fabrica cervejas artesanais, estará representando o Amapá na 3ª edição do Sirha – Salon Internacional de la Restauration de L’hôtellerie et de L’alimentation, em São Paulo, onde o cerveja Caboca será apresentada para o público. O Sebrae/AP fez o convite por ser a empresa pioneira na fabricação de produto legitimamente amapaense, dos ingredientes ao processo, todo em Macapá. O evento será de 14 à 16 de março e é considerado o principal, em nível internacional, voltado para foodservice e hotelaria.

 

A cerveja Caboca estará disponível no Espaço Terroir, onde ficam expostos 63 produtos de origem rural de todo o Brasil. O objetivo do Sebrae é abrir as portas para que os produtos regionais sejam divulgados, ampliando assim, a rede de contatos e oportunidades de fechar negócios. “O Sebrae incentiva empresários locais para que participem de eventos fora do Amapá e busquem mais conhecimento, além de melhorar a colocação do produtos no mercado. É uma boa oportunidade de mostrar o que o Amapá está produzindo”, disse o diretor-superintendente do Sebrae/AP, João Carlos Alvarenga.

 

A Trina é uma empresa criada em 2016, que nasceu com a proposta de fabricar cerveja com os ingredientes base, malte, água e lúpulo, aos qual são acrescentados os produtos nativos, que dão o sabor diferenciado, a exemplo de bacaba, gengibre, casca de laranja, cereais, trigo, caroço de açaí, café, chocolate e água do rio Amazonas tratada. As expectativas foram atendidas, e a Trina, de fabricante e fornecedora, passou a oferecer novos serviços para os clientes, como espaço para consumir as cervejas diretamente nas torneiras, Beer Card, serviço de enchimento de growler, ou vasilhames, auto-atendimento, acompanhamentos específicos, e incentiva a sustentabilidade com a exclusão de garrafas de vidro.

 

Atualmente a empresa fabrica 15 rótulos de cerveja, todos seguindo os padrões e conceitos da Trina. A Caboca foi lançada em fevereiro deste ano, com o nome em homenagem à cantora amapaense Patrícia Bastos, por representar a cultura tucuju em todo o Brasil. Seu estilo é Strong Bitter, da escola cervejeira inglesa. Fabricada com extrato de caroço de açaí, a cerveja tem propriedades farmacológicas, que reduzem o colesterol com ação vaso dilatadora, é anti-hipertensivo, antioxidante e anti-inflamatório. Sua intensidade é moderada, e tem aroma de lúpulos florais, e o malte da fórmula remetem ao sabor de pão, nozes, caramelo e toffe.

 

A cerveja Caboca estará disponível para degustação, comercialização e exposição na feira. O mestre cervejeiro e sommelier Marcelo Fiel, proprietário da Trina Cervejaria Artesanal, também participará de uma Rodada de Negócios, com possibilidade de fechar parceria com fornecedores. “É uma vitrine importante para quem produz artesanalmente, que é uma tendência que cada vez mais ganha o público por seu diferencial no sabor e fabricação, e conceitos de consumo consciente e responsabilidade ambiental”, afirma Marcelo Fiel.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *