Nota 10

Circula Amapá premiará iniciativas culturais em até R$ 10 mil; veja edital

Chamada pública lançada pela Secult visa reconhecer agentes da cadeia produtiva da cultura e das artes. Inscrições seguem até 30 de maio.

Compartilhe:
Foto: Divulgação Secom

Projetos, programas e ações culturais amapaenses podem concorrer a premiações em dinheiro nos valores de R$ 5 mil e R$ 10 mil, através do Projeto Circula Amapá. A chamada pública é uma realização do Governo do Estado, em parceria com o presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre.

Para acessar o edital clique aqui

O Circula Amapá é coordenado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com o objetivo de reconhecer e incentivar ações artísticas responsáveis por disseminar a cultura em âmbito estadual, nacional e internacional.

Os projetos serão avaliados por uma comissão composta de 10 membros, sendo 5 profissionais da cultura e das artes e 5 técnicos da Secult, seguindo uma série de critérios. Após a análise, serão selecionados e premiados 137 iniciativas nas seguintes categorias:

  • Artes visuais
  • Teatro
  • Música
  • Literatura
  • Cultura popular
  • Dança
  • Artesanato
  • Audiovisual
  • Circo

Inscrições

Os interessados em concorrer à premiação podem se inscrever através do site secult.portal.ap.gov.br. É necessário preencher o formulário e o Plano de Trabalho e de Aplicação dos Recursos e anexar materiais como áudios, vídeos e fotos para complementar as informações.

O prazo das inscrições vai até o dia 30 de maio, podendo ser prorrogado conforme a procura pelo certame.

Podem participar microempreendedores individuais e pessoas jurídicas de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos. Não poderão se inscrever os indivíduos e cônjuges que possuírem vínculo profissional com a Secult e instituições ou com o Conselho Estadual de Políticas Cultural.

É obrigatório que o candidato seja cadastrado no Sistema Estadual de Informações e Indicadores Culturais (SEIIC) e tenha seu perfil atualizado.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *