Nota 10

Deficientes Visuais do Projeto Enxergando Através da Dança estarão participando de Festival Internacional de Dança.

Festival Internacional de Dança da Amazônia ocorre entre os dias 15 a 20 de outubro e vai contar com oito bailarinos

Compartilhe:

Lana Caroline

Da Redação

 

O Amapá estará participando do Festival Internacional de Dança da Amazônia (FIDA), que acontece entre os dias 15 a 20 de outubro, em Belém, tendo deficientes visuais como bailarinos, graças ao projeto do Centro de Apoio Pedagógico ao Deficiente Visual, Enxergando Através da Dança. E a professora, Ana Cláudia, quer levar mostrar os trabalhos desenvolvidos para ser conhecido.

“Nós vamos participar da amostra de dança, vamos levar nosso trabalho, aqui do Amapá, pro Norte todo conhecer, para o Brasil todo conhecer”, afirmou.

A bailarina Elizângela Silva, que é cega, afirma que a dança se tornou indescritível e que a ajudou muito. “Desde as meus 22 anos, eu faço acompanhamento com psicólogo devido a depressão e a dança fez um efeito que remédio nenhum fez e nem um psicólogo fez”, afirmou.

Mesmo com as passagens compradas, a professora pede para que a população, que admira arte, possa ajudar com custos de translado e alimentação. Quem desejar ajudar, basta entrar em contato pelo número 96 98142-0502 e falar com a própria professora, Ana Cláudia.

O Projeto
O projeto funciona a dois anos no CAP/AP e conta com a participação de oito dançarinos, nos quais sete são cegos e um com baixa visão. O objetivo do projeto é a oportunizar o deficiente visual a ter o contato com a dança e obter os benefícios que a dança oferece e também desenvolver os aspectos físicos, motores, cognitivos, sociais, afetivos e melhorar a qualidade de vida.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *