Nota 10

Dia de Cabralzinho é marcado por entrega de escola e atividades culturais

Instituição de ensino fundamental foi reformada, equipada e climatizada com um investimento de R$ 2,7 milhões. Mais de 300 alunos são beneficiados.

Compartilhe:

Uma extensa programação cultural e a entrega da Escola Estadual Maria do Céu Gonçalves Dias, revitalizada e equipada, marcaram o Dia de Cabralzinho, celebrado nesta terça-feira, 15, no município de Amapá, a cerca de 300 quilômetros da capital. O momento foi o ponto culminante da Festividade de Cabralzinho que ocorre de 13 a 15 de maio e é organizada pelo governo estadual e pela Prefeitura de Amapá.

 

A data de 15 de maio foi estabelecida como feriado estadual através de uma lei sancionada em 2017 pelo governador Waldez Góes, como forma de homenagear o general Francisco Xavier da Veiga Cabral, um personagem histórico considerado como herói nacional. O projeto que criou a data é do deputado estadual Jaci Amanajás. Em 2009, Góes também assinou o decreto que oficializa a transferência simbólica da capital do Estado para a cidade de Amapá no dia da data da criação do município, 22 de maio.

 

Durante a celebração do Dia de Cabralzinho, Waldez Góes anunciou a entrega oficial da Escola Estadual Maria do Céu Gonçalves Dias, revitalizada, equipada e climatizada, garantindo maior conforto e segurança aos 320 estudantes que cursam do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Criada em 1994, a instituição atualmente atende alunos que residem na sede do município de Amapá e em comunidades rurais como Base Aérea, Cajueira, Agrícola do Piquiá e Ponte da Raza. Trata-se de um imóvel da rede pública de ensino do Estado em regime de colaboração com a prefeitura municipal.

 

O prédio passou por uma reforma geral e recebeu equipamentos novos com investimento total de R$ 2,7 milhões, recursos do governo estadual. A estrutura passa a contar com seis salas de aula, banheiros, bloco administrativo, área recreativa e bloco de apoio pedagógico com laboratório de informática, biblioteca e TV Escola. A instituição recebeu equipamentos como materiais de escritório, carteiras, cadeiras, computadores, bebedouro, freezer, refrigerador, fogão industrial, caixa de som amplificada e centrais de ar. Durante a reforma, que iniciou em dezembro de 2016, não houve a necessidade de interromper as aulas.

 


Waldez Góes enfatizou que a data é um momento de celebração e, ao mesmo tempo, de mais benefícios à população amaparina – como se denomina quem nasce no município de Amapá. “É um dia de comemoração, um dia de fortalecer nossa história, nossas tradições, nossas raízes, mas também é um dia da entrega de uma instituição revitalizada para garantir mais qualidade de ensino às crianças”, destacou o governador. Ele acrescentou que a reforma representa um avanço e que foi possível realizá-la mesmo em um momento de crise econômica nacional.

 


O professor Alcemiro Barata participou da solenidade representando os pais dos alunos. Ele destacou que a reforma atende a um anseio da comunidade escolar. “Esperávamos essa revitalização porque sabemos que a educação precisa deste investimento em infraestrutura para ter maior qualidade”, afirmou Barata.

 

Durante a solenidade, Góes lembrou outro avanço no setor da educação no município: a instalação primeiro campus da Universidade do Estado do Amapá (Ueap) no interior, que funcionará em um espaço anexo à Escola Estadual Vidal de Negreiros, beneficiando a população da Região dos Lagos, área composta pelas cidades de Amapá, Calçoene, Tartarugalzinho e Pracuúba – até então, os moradores dessas cidades precisavam se deslocar a outros municípios para cursar o ensino superior.

 

O primeiro vestibular do campus foi lançado durante o mês de abril e oferta 100 vagas para os cursos de matemática e agronomia, escolhidos de acordo com as potencialidades econômicas dos municípios que compõe a Região dos Lagos. A previsão é que as aulas iniciem em 25 de junho.

 


Outra medida anunciada durante a celebração do Dia de Cabralzinho foi a assinatura do Termo de Reversão de Doação de Área que garante a devolução do patrimônio onde funcionava a antiga estação da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) à prefeitura de Amapá. A área deverá ser utilizada para a construção de uma praça.

 

A comemoração também incluiu um momento cívico na Praça Cabralzinho, espaço de lazer e turismo inaugurado pelo governo estadual em 2017. Na oportunidade, crianças e adolescentes da Banda Marcial da Escola Estadual Maria do Céu Gonçalves Dias apresentaram-se para o público, houve ainda apresentações teatrais e, durante a noite, shows artísticos.

 

O prefeito de Amapá, Carlos Sampaio, enfatizou que o feriado do Dia de Cabralzinho representa um fortalecimento da história e da cultura do município. “É um resgate histórico para que todas as pessoas saibam quem foi Cabralzinho e o que ele fez pelo Amapá”, afirmou o prefeito.

 

Mais investimentos
Desde 2015 o governo estadual vem investindo em outros setores para garantir mais qualidade de vida à população da cidade de Amapá. Na área da saúde, por exemplo, o governo implantou o Sistema Nacional de Regulação (Sisreg) no município. Trata-se de um procedimento que eliminará as filas de marcação de consultas no Serviço de Arquivo Médico e Estatístico (Same) do Hospital de Clínicas Alberto Lima (Hcal), em Macapá.

 

Quanto à área de tecnologia da informação, o governo do Estado criou e cedeu à Prefeitura de Amapá o seu novo portal, um ambiente virtual que reúne diversas informações como as principais notícias, projetos, diário oficial, portal da transparência, cultura, evento, entre outros. A cidade também foi beneficiada com um convênio de limpeza urbana no valor de R$ 126,6 mil.

 

Agronegócio
Em 2017, a cidade foi contemplada com a realização da 1ª TecnoAgro e a 26ª Feira Agropesc – uma oportunidade de negócios para centenas de trabalhadores autônomos, produtores, empresários e pequenos produtores. Mais de 20 mil pessoas prestigiaram os oito dias de programação de negócios e entretenimento. O evento recebeu um investimento de R$ 700 mil.

 

Cultura
Outro setor que recebeu investimentos do governo do Estado foi o cultural, por meio de fomento para a realização da programação do aniversário de Amapá e Amapá Verão, ambos em 2017. Houve investimentos também para o Réveillon 2018 e para a Festividade de Cabralzinho.

 

Transporte
Através da Secretaria de Estado de Transportes (Setrap), o governo do Estado realizou a reforma da Ponte das Queimadas, com acesso pela BR-426, e licitou a obra de reforma da Ponte de Meruoca, que fica localizada na Rodovia AP-426.

 

História
Ao amanhecer do dia 15 de maio, a Vila do Espírito Santo do Amapá – hoje o município de Amapá – foi invadida por uma tropa da Legião Estrangeira, oriunda de Caiena, capital do território ultramarino da Guiana Francesa. A organização militar francesa era conhecida por agregar homens de várias nacionalidades, sem nenhum tipo de seleção para entrar, por isso, muitos criminosos procurados pelas justiças de seus países encontravam na Legião Estrangeira um refúgio protegido pelas leis internacionais.

 

À época, o Amapá formava uma região de Contestado Franco-Brasileiro. Após a Batalha, a República reconheceu o heroísmo de Cabralzinho e seus comandados. O Laudo Suíço, em 1900, ratificou o Rio Oiapoque como fronteira franco-brasileira e pôs fim ao litígio. No ano seguinte, em 22 de outubro de 1901, a lei nº 798 criou a cidade de Montenegro, que em 1903, volta a receber a denominação de Amapá até os dias atuais.

 


Correios

Durante a celebração, Waldez Góes participou da reinauguração da agência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) do município de Amapá, que atenderá a população do município com serviços bancários e postais. Na oportunidade, foi lançado o selo postal em homenagem ao Dia de Cabralzinho.

 

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *