Nota 10

Festival de contação de histórias ‘Criança Feliz’ acontece neste sábado (9)

O pedido da organização é que os interessados levem 1kg de alimento não perecível e um investimento simbólico, que vai virar ajuda de custo pra quem está trabalhando no projeto.

Compartilhe:

Railana Pantoja
Da Redação

Mexer com o lúdico das crianças ao mesmo tempo em que ensina sobre nossa identidade amazônida é o objetivo do Festival de Contação de Histórias ‘Criança Feliz’. Suane Brazão, contadora de histórias e produtora do coletivo Amazonizando, reforça a importância de abordar nossa percepção de Amazônia no Amapá com as crianças.

“Qual será a identidade que as crianças têm na cabeça delas? Será que elas sabem que moram na Amazônia? Será que sabem a diferença que faz ter um rio gigante na frente de casa? Fomos convidados pela Unicef para participar do projeto ‘Deixa que eu conto’, que é uma série de podcasts com o objetivo de informar e trazer narrativas amazônicas, negras e afrobrasileiras, para dentro de um projeto educacional. Está circulando o mundo todo, mas Macapá não estava sabendo. Foi assim que surgiu a ideia do festival”, falou Suane.

Serão cerca de 10 contadores de história participando de duas sessões: às 16h e 17h30, no espaço “Sankofa Quilombo cultural”, na orla do Santa Inês. O evento é uma realização do coletivo Amazonizando e do grupo Zimba Cultura.

O pedido da organização é que os interessados levem 1kg de alimento não perecível e um investimento simbólico, que vai virar ajuda de custo pra quem está trabalhando no projeto.

O mestre Griot’ Ivamar Santos , contador de história, tem a fama de ser um dos melhores. É ele quem dá uma previa do que acontecerá no festival e faz o convite. “Espero que vocês venham conhecer o projeto, venham participar. Simbora”, convidou.

 

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *