Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Nota 10

Filme amapaense é indicado ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

‘Utopia’ conta a história do garimpo do Vila Nova, localizado no município de Porto Grande, e da perda do pai de Rayane Penha.


Lana Caroline
Da Redação

 

O curta-documentário ‘Utopia’, da amapaense Rayane Penha, está mais uma vez ganhando destaque em festivais e amostras nacionais e internacionais. A produção, agora, é indicada na categoria curta documentário do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, outorgado pela Academia Brasileira de Cinema.

“O filme teve a felicidade de participar de mais de 30 festivais e amostras e ganhou visibilidade. Recentemente ele foi licenciado para o Itaú Cultural Play e estar dentro desses espaços possibilita mostrar o nosso trabalho. Estamos muito felizes com essa indicação, que foi feita pela própria Academia Brasileira de Cinema”, disse a produtora, Rayane Penha.

O documentário mostra a busca da própria cineasta por histórias vividas pelo pai garimpeiro que faleceu no local de trabalho. A história é contada a partir de arquivos sobre esse pai, fotos, vídeos e cartas que ele escrevia para a família relatando a vivência e as dificuldades do garimpo. O documentário procura humanizar homens que dedicam suas vidas a terra, mais do que um registro o filme vem mostrar um relato íntimo e poético sobre a vida desses garimpeiros.

Para que o filme chegue à final, é necessário ter votos dos membros da Academia e para isso, é necessário que a obra possua muita visibilidade em todos os espaços possíveis. Quem desejar ajudar, pode entrar em contato através do instagram @_raypenha e pelo número (96) 99183-0013.

“Quem tiver algum espaço de comunicação que queira somar conosco será muito bem-vindo. É a primeira vez que o Amapá vai tão longe com uma produção e queremos muito a ajuda de todos, pois não é só uma conquista nossa, dos realizadores, mas uma luta para mostrar que a nossa cultura existe e merece ser valorizada”, disse Rayane.


Comente