Nota 10

Governo do Estado cria plataforma online de incentivo cultural para mapear artistas amapaenses

Sistema desenvolvido pela Secult, em parceria com o Prodap, forma um banco de dados que agiliza processos de contratação e promove a aproximação dos artistas locais.

Compartilhe:

Governo do Estado do Amapá passa a mapear os talentos, conhecê-los e, principalmente, dar visibilidade aos artistas locais com o uso de uma plataforma online que reúne informações de profissionais da área cultural.

A iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura do Amapá (Secult), em parceria com o Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap), buscou criar o Sistema Estadual de Informações e Indicadores Culturais (SEIIC) com o objetivo de construir um banco de dados de artistas e facilitar a contratação para eventos promovidos pelo Estado.

A plataforma se trata de um ambiente para credenciamento de artistas e profissionais de arte e cultura no Amapá, a fim de agilizar os processos de contratação artística em eventos realizados pela Secult e por outras instituições, de forma que, aproxime também os artistas locais entre eles e o poder público.

“O sistema registra e faz a catalogação da ação de cada artista do estado, aproximando assim este artista tanto da Secretaria de Cultura como da população em geral”, explicou o secretário da Secult, Evandro Milhomen.

Em 2019, ainda em fase de adequações, a plataforma começou a ser utilizada, funcionando de forma interligado ao sistema nacional e municipal, como um dos instrumentos de gestão do Sistema Estadual de Cultura (SEC), criado pela lei 2.137 e sancionado em 2017.

Podem se cadastrar qualquer artista ou grupo artístico, como pessoa física ou jurídica, de diversas áreas: artes visuais, audiovisual, circo, cultura popular, dança hip-hop, literatura, música, teatro, entre outros. Essa é uma ferramenta indispensável para produtores, empresários e para o público geral.

O cadastro é simples, basta acessar o site http://seiic.ap.gov.br/ e preencher o formulário com dados pessoais, biografia, foto e contato. Após isso, todos os inscritos passam por uma avaliação feita pela Secult, sendo aprovado o perfil, ele ficará disponível no site por tempo indeterminado.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *