Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Nota 10

Identidade Visual: vencedor do concurso do novo logotipo do TJAP recebe premiação

A nova identidade do TJAP traz alguns elementos importantes que reverenciam tanto a Justiça, quanto as potencialidades do Amapá nas cores azul, verde e com detalhe em amarelo.


O vencedor do concurso do novo logotipo institucional do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), Edson da Conceição da Silva, de 32 anos, recebeu o seu prêmio nesta quinta-feira (07) em cerimônia no prédio da instituição. O ganhador levou para casa um notebook Lenovo e ainda lhe foi conferida menção honrosa, certificado de participação e classificação na competição.

Após 30 anos de uso do brasão do Estado como identidade visual, a Justiça do Amapá promoveu o certame para escolher um logotipo próprio, que trouxesse uma identidade visual institucional única e mostrando a história marcante, forte e consolidada do Poder Judiciário Amapaense. A nova identidade do TJAP traz alguns elementos importantes que reverenciam tanto a Justiça, quanto as potencialidades do Amapá nas cores azul, verde e com detalhe em amarelo.

 

Segundo o vencedor, Edson da Conceição da Silva, que também é professor da língua francesa e trabalha na área de design gráfico, ele ficou muito feliz em poder fazer parte da história do judiciário do Amapá. “É uma grande conquista poder participar desse concurso e sair com o primeiro lugar, mas o mais importante é o que meu trabalho fará parte da história do TJAP, uma entidade tão honrosa do Amapá”, garantiu. “Tenho que agradecer à minha esposa, que foi a minha principal incentivadora”, acrescentou.

“Por meio dos elementos da nossa cultura local, tentei retratar a força da Justiça, do baluarte da Fortaleza de São José de Macapá, o sol que representa os direitos que todos têm ao buscarem os serviços do judiciário e a balança que mostra o equilíbrio nos hemisférios norte e sul do Marco Zero do Equador”, detalhou o designer.

 

Durante a cerimônia de premiação, o presidente do TJAP, desembargador Rommel Araújo, disse que o Tribunal buscou uma identidade que representasse toda a Justiça do Amapá. O logotipo foi aprovado durante a 874ª Sessão Administrativa Ordinária da Câmara Única na quarta-feira (06).

 

“O novo logotipo representa tudo aquilo que o Poder Judiciário espera de uma identidade visual, ele mostra o estado, identifica o Amapá, mostrando as belezas, a balança com seu equilíbrio, a proteção do baluarte, a segurança que a Justiça deve proporcionar a todos. Tudo isso, foi muito bem representado pelo Edson e agradeço a todos que acreditaram na nossa iniciativa de promover esse concurso, que fará parte da nossa história e da nossa memória”, enfatizou o desembargador.

 

O logotipo se tornará propriedade exclusiva do TJAP e serão utilizados em todas as formas da identidade visual, tais como: materiais gráficos, documentos, site, redes sociais, prédios, uniformes, placas, veículos ou em qualquer ponto de contato com a marca do Judiciário amapaense e em suas demais aplicações. Os critérios específicos para o julgamento das propostas foram: modernização e redesign da marca; criatividade; originalidade; aplicabilidade e comunicabilidade. Todos os membros da comissão julgadora e organizadora receberam certificado de participação.

 

Estiveram presentes na cerimônia de premiação: o desembargador-presidente Rommel Araújo, o desembargador Carmo Antônio de Souza (presidente da Comissão Organizadora e Julgadora do certame), o desembargador João Lages, Chefe de Gabinete da Presidência, Veridiano Colares, Diretor-Geral, Alessandro Rilsoney Dias de Souza, Diretora de Comunicação, Bernadeth Farias e jornalista Fernanda Picanço (membro da Comissão).


Comente