Nota 10

Leitura e conhecimento: 4ª Vara de Família da Comarca de Macapá inaugura Biblioteca da Unidade

Em meio aos livros e revistas, há também a alegria que reside na dedicação e envolvimento da toda equipe da Vara de Família.

Compartilhe:

Ler é essencial para o desenvolvimento pessoal e profissional de uma pessoa. Muito mais que isso, é uma poderosa ferramenta de estimulo à cidadania. Com foco nesses ideais, a 4ª Vara de Família, Órfãos e Sucessões da Comarca de Macapá, que tem como titular o juiz Carlos Fernando Silva Ramos, inaugurou com a presença de magistrados e servidores, a Biblioteca das Famílias, um singelo espaço dedicado para propiciar um tempo de espera de qualidade a quem utiliza os serviços da Justiça.

O projeto Biblioteca das Famílias começou há três anos, quando a sede da 4ª Vara de Família ainda se localizava no segundo andar do Fórum Desembargador Leal de Mira. Segundo o juiz Carlos Fernando, quando o espaço mudou de local, o mundo dos livros veio junto. “Somamos dois desejos: o de compartilhar conhecimento e o de melhorar o tempo de espera das pessoas”, conta o magistrado.

“Fizemos todo o espaço com muito afeto, desde a confecção das estantes até a coleta de livros”, explicou o juiz, “Tivemos também a participação de outros magistrados, servidores e colaboradores, que contribuíram com a doação de grande parte do acervo”, celebrou.

 

Dulci Jacob, chefe de gabinete da 4ª Vara de Família, Órfãos e Sucessões, esteve à frente do projeto, e conta que um dos maiores objetivos do espaço é oportunizar momentos prazerosos para as crianças que acompanham os pais no aguardo de audiências. “Esse espaço é muito especial. Temos muitos livros infantis, dessa forma a criança tem uma visão mais agradável do que é o Judiciário”, destacou.

A servidora contou ainda que ainda há planejamento para complementar o espaço com mesas, cadeiras e lápis de cor, para que as crianças possam se entreter de outra forma. “Estamos empenhados em crescer com esse projeto e ampliar para que possa atender da melhor forma quem utiliza nossos serviços”.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *