Nota 10

Macapá 261 anos: programação termina com samba na Floriano Peixoto

Ao som dos repiques, pandeiros e bandolins, a população caiu na dança e aprovou a apresentação das escolas de samba, que abrilhantaram a noite.

Compartilhe:

De acordo com a Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM), mais de cinco mil pessoas estiveram presentes na segunda-feira, 4, na Praça Floriano Peixoto, para prestigiar o encerramento da programação de aniversário de 261 de Macapá. Ao som dos repiques, pandeiros e bandolins, a população caiu na dança e aprovou a apresentação das escolas de samba, que abrilhantaram a noite.


Ao todo, nove agremiações subiram ao palco e relembraram os enredos com suas baterias nota 10, show das comissões de frente, casais de mestre-sala e porta-bandeira, além das passistas, que animaram o público. A Escola Império da Zona Norte abriu as apresentações, seguida da Emissários da Cegonha, Embaixada de Samba, Império do Povo, Solidariedade, Piratas Estilizados, Piratas da Batucada, Maracatu da Favela e encerrando a noite o show ficou por conta da Associação Universidade de Samba Boêmios do Laguinho.

“Foi tudo lindo, o evento cresceu de forma maravilhosa, e a ideia de trazer as escolas é uma forma de colaborar com a cultura e o turismo, e de não deixar morrer esse evento que gera renda, alegria do povo. A prefeitura está de parabéns pelo belíssimo evento”, comentou o professor e coreografo José Cosme.


A segurança contou com a guarnição de 40 homens da Guarda Municipal. De acordo com o comandante da operação, responsável pela GCMM, inspetor Camarão, além do efetivo, a corporação disponibilizou três viaturas e a unidade móvel com câmeras, que fizeram a segurança de todo o circuito e entorno do local.


Presente no evento, o prefeito Clécio Luís falou sobre o encerramento das festividades. “Encerramos com o coroamento do aniversário de 261 de Macapá, trazendo essa festa das escolas de samba. As pessoas esperam ansiosas por esse momento, que é o carnaval, que, além de gerar renda, aquece a economia, revela talentos. Esperamos dialogar com as agremiações para que seja possível retomar o carnaval em 2020”, disse.

O prefeito ainda deixou uma mensagem aos munícipes. “O melhor presente para Macapá é a gente, de mãos dadas, cuidar dela”, ressaltou.

Fotos: Gabriel Flores

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *