Nota 10

Nutricionista ensina forma correta de higienização de legumes, frutas e verduras

Ytalo Ruan esclarece que a melhor opção para uma higiene segura desses alimentos é a solução clorada.

Compartilhe:

Railana Pantoja
Da Redação

 

Feiras, mercadinhos, açougues e supermercados são ambientes que não podem deixar de ser visitados por muita gente durante o isolamento social, levando em consideração que a alimentação é essencial.

Mas, estes ambientes também podem ser disseminadores do novo coronavírus, visto que muitas superfícies e produtos são tocados por várias pessoas. E para aprender a forma correta de higienização dos alimentos, principalmente legumes, verduras e frutas, conversamos com o nutricionista Ytalo Ruan.

“O primeiro passo quando você chegar na sua casa é tirar, por exemplo, se for tubérculo, os resíduos de terra e depois juntar todos eles. Para cada litro de água, aplique uma colher rasa de água sanitária. É muito importante prestar atenção na dosagem. Se você vai usar 10 litros de água para higienizar tudo que você comprou, seja fruta, verdura, hortaliça ou legume, vai precisar colocar 10 colheres certinhas de água sanitária. O tempo também é muito importante, precisa deixar por 15 minutos contados e depois passar de novo na água corrente”, orienta o profissional que atua com nutrição acessível, funcional e do norte do Brasil..


Ytalo explica que essa higienização retira dos alimentos todo tipo de vírus, resíduos de insetos, fungos ou qualquer outra coisa que contamine as superfícies.

“É importante dizer que frutas não podem ser descascadas, de forma nenhuma. Depois dessa higienização e passando na água corrente é só sucesso, você pode enxugar e guardar no devido local”, complementou.

O nutricionista ressalta que a água sozinha não remove as impurezas, e a água com sabão também não surte o efeito correto e seguro.

“O melhor de todos é com água sanitária, é a solução clorada e a única que consegue fazer a higiene correta. Só sabão ou só com água não adianta, é importante que seja feita com a solução clorada para poder tirar realmente todos os resíduos”, frisou Ytalo.
Outro cuidado que devemos ter é com a embalagem dos alimentos, principalmente aquelas sacolas que usamos no supermercado para colocar verduras, frutas e legumes. Mesmo sendo higienizadas com álcool, as embalagens não podem ir para a geladeira.
“Não pode colocar direto na geladeira. As frutas e legumes ficam expostos o tempo inteiro, e não só no momento que vamos ao supermercado. A gente não sabe as pessoas que passaram a mão ou tossiram em cima. Então, pode ficar altamente contaminado e a gente nem imagina”, lembrou.

O profissional também orienta que a embalagem de outros produtos, como arroz, feijão e macarrão, sejam limpas antes de serem abertas e colocadas nos potes.

“Pode ser passando pano com uma solução clorada. Pode acontecer de você não higienizar e aí quando vai colocar no pote, acaba encostando a embalagem na superfície e contaminando. Então, não podemos correr o risco”, finalizou.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *