Polícia

Acusado de execução no Jardim Marco Zero é preso pelo Força Tática

Homem, de 20 anos, confessou ter assassinado a vítima na tarde de terça-feira (21) no bairro Jardim Marco Zero

Compartilhe:

Uma denúncia anônima levou policiais do Batalhão de Força Tática (BFT) a prender no início da madrugada desta quarta-feira (22) Paulo Henrique Souza da Silva, de 20 anos, que é acusado de ter assassinado a tiros na tarde de terça-feira (21), Henrique Marcel Passos dos Santos, de 23 anos.


O crime ocorreu por volta de 16h no bairro Jardim Marco Zero, zona sul de Macapá. Henrique foi morto com quatro tiros. Dois deles no rosto. A motivação para execução ainda está sendo apurada pela polícia.


“Recebemos a informação sobre a possível localização do acusado por meio do nosso Disk Denúncia (96) 99157-3131. Seguimos para o endereço, na Avenida 26 de Julho, no bairro Congós, onde o suspeito estava homiziado. A ação rápida impediu qualquer tentativa de fuga”, disse o tenente Cezar Santos, do BFT.


De acordo com o tenente, Paulo confessou ter morto a vítima, mas não revelou a motivação e nem onde deixou a arma usada no crime. “De forma fria ele confessou ser o executor, mas se limitou apenas a isso. Não foi revelado por ele a destinação do armamento após o assassinato”, complementou.
A Delegacia Especializada em Crimes Contra Pessoa (Decipe) assumiu as investigações. “Vamos iniciar a apuração dos fatos para saber a motivação, mas é possível que a morte tenha sido encomendada”, resumiu o delegado Luis Carlos.

Paulo Henrique também é suspeito de ter cometido um outro homicídio há cerca de um mês na mesma região. O corpo da vítima foi removido para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Polícia Técnico-Científica (Politec) para ser necropsiado.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg
Texto: Elden Carlos

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *