Polícia

Bandidos amarram família de técnico de futebol durante assalto em Macapá

Crime ocorreu na madrugada desta quinta-feira (04) no conjunto Embrapa, zona sul de Macapá. Bandidos renderam e amarraram os filhos e a ex-esposa do técnico de futebol Vitor Jaime

Compartilhe:
Carro foi localizado em um beco do bairro Cidade Nova

Elden Carlos

Editor

Pelo menos quatro bandidos invadiram uma residência na madrugada desta quinta-feira (04) na 1ª Avenida do conjunto Embrapa, zona sul de Macapá, onde três pessoas foram dominadas e amarradas pelos criminosos. A invasão teria ocorrido entre 4h30 e 5h da manhã. No imóvel moram a ex-esposa do técnico de futebol Vitor Jaime e dois filhos do casal, além da nora do treinador.

“Os assaltantes pularam o muro e conseguiram entrar na casa. Eles renderam o Paulo Vitor [filho] e a esposa dele. Um dos bandidos colocou a arma na cabeça do Paulo e determinou que ele batesse na porta do quarto da mãe para que ela abrisse. Minha filha percebeu a ação e se trancou dentro do banheiro do quarto dela, de onde ligou para a polícia. Ela foi a única a não ser rendida. A ação foi rápida”, revelou Vitor Jaime ao programa radiofônico LuizMeloEntrevista (Diário 90,9FM).

Os marginais fugiram levando cerca de R$ 600 em dinheiro, aparelhos celulares, jóias e outros objetos, além do carro de Paulo Vitor. Por volta de 9h o veículo foi encontrado abandonado em um beco do bairro Cidade Nova, na zona leste da capital.

“Chamou atenção o fato de que o localizador de um dos aparelhos celulares levados mostrava que ele já estava nas imediações da cidade de Serra do Navio. Desconfiamos num primeiro momento que o carro tivesse sido levado para aquela região, ma felizmente o localizamos aqui na capital mesmo”, concluiu o treinador.

Paulo Vitor, a esposa, a mãe e a irmã prestaram depoimento. A polícia busca por câmeras de segurança na região que possam ter filmado a passagem da quadrilha. Já existia a possível identificação de pelo menos dois envolvidos, mas a polícia não detalhou o caso para não atrapalhar as investigações.

 

Imagens: Joelson Palheta

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *